Home DiscosAlbum Viela 17 – 20 de 40 [Album]

Viela 17 – 20 de 40 [Album]

por ZonaSuburbana

O grupo de rap da Ceilândia, no Distrito Federal, Viela 17 apresenta o projeto especial “20 de 40”, álbum que comemora os 20 anos de carreira em 40 anos de idade do rapper Japão, idealizador do grupo.

Foto: Ivan Ramos Lacombe

Foto: Ivan Ramos Lacombe

A Capital Federal (Brasília) é berço de grandes nomes do rap nacional. O Viela 17, que iniciou a caminhada há 14 anos, e desde seu primeiro álbum,  O Jogo (2001), vêm aumentando o seu séquito de admiradores é, com certeza, um deles. Desde 2000, o grupo atua nacionalmente e representa a mobilização do rap na terra vermelha. Agora, após cinco anos de jejum, o grupo Viela 17 lança, o quarto CD, 20 de 40, um passeio pelos 20 anos de carreira, e 40 de idade do rapper Japão, líder do grupo. “Não sei explicar esse momento. É como ver um filho surgindo em meio a conflitos e descréditos”, adianta o rapper Japão.

O disco faz uma releitura fiel do rap da década de 1990, samples, batidas, programações e timbres foram totalmente pensados para manter a fidelidade ao segmento original.

“20 de 40” conta, ainda, com a participação de mais 30 artistas convidados, entre músicos e cantores, cinco técnicos e produtores artísticos, como o músico Thiago Jamelão, do grupo Ataque Beliz, o cantor e compositor Dillo, o rapper nordestino Zé Brown e Pop Black, do grupo Inquérito, além de destacar a produção musical DJ Raffa Santoro, que assina a obra. “Ver o cuidado do Raffa na produção, mixagem e masterização, o charme e encanto vocal da dupla Chris Soul e Thiago Jamelão, as participações de DilloD’Araujo, Heitor Valente, entre outros MC’s é gratificante”, analisa.

O CD apresenta uma introdução e 17 faixas em seu repertório, entre elas, Inimigo oculto, que abre a celebração ao hip hop, e trata dos medos e atitudes de Japão. “Falo diretamente com meu lado contrário. Um Japão com uma pitada de maldades, rebatido por um Japão  ciente de seu compromisso”, explica o rapper. Na sequência, a música Foi complicado pra chegar aqui, que retrata a dura caminhada de quem sonha em viver de rimas, e conta com a participação nos vocais da cantora Chris Soul. “20 de 40”, canção que dá nome ao álbum, traz a participação de Alex Jordan e fecha o disco. “Nessa faixa destaco meus 20 anos de carreira, passando por uma espécie de levantamento pessoal do que passei para chegar até aqui, homenageando amigos, familiares e pessoas que contribuíram em minha carreira no rap”, adianta.

Japão acredita que, mesmo com todas as dificuldades, este álbum será um marco na história do Viela 17 e no rap nacional. “Ouvir meu melhor álbum pronto, todas as vozes perfeitas, batidas programadas perfeitamente no propósito do CD. Ver tudo que passamos com o estúdio roubado, e  junto com ele nossos sonhos. Depois, ver a volta por cima de Beto Paiva e Ninomix, só me resta chorar essa noite em forma de agradecimento”, desabafa o rapper, e completa com as melhores expectativas para o lançamento do CD, sem esquecer de demonstrar gratidão e ressaltar a importância de todos que participaram ao lado do grupo, para o resultado final do disco. “As letras fortes e levadas surreais do Diogo LoKo, participações maravilhosas e envolventes de Tati Botelho, DJ Simmone Lasdenas, Chely Etnia e Helen, do Atitude Feminina. O apoio e moral de minha mãe, as centenas de pessoas usando camisetas Viela 17 e o amor e organização de minha esposa. Só posso agradecer a Deus.”

Por: Raquel Martins Ribeiro

Você pode gosta

Comments are closed.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações