spot_img
quinta-feira, maio 30, 2024

Últimos Posts

Camila Zana assume cargo de CMO da Billboard Brasil

A revista Billboard Brasil teve sua primeira edição lançada em setembro do ano passado, com um especial do festival The Town. Desde então, realizou grandes projetos que fazem da empresa não só uma publicação mensal, mas uma plataforma de música. Com o objetivo de desenvolver ainda mais ações que estejam relacionadas ao mercado musical brasileiro, como também entender o que está acontecendo no segmento ao redor do mundo, a executiva Camila Zana assume o cargo de CMO.

Além da revista mensal, a Billboard Brasil possui eventos proprietários e projetos originais e customizados para marcas e empresas, como: a capa especial do mês de fevereiro e a cobertura do carnaval, desenvolvido em parceria com a Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (LIESA), que contou com um espaço exclusivo no Camarote Rio Carnaval no Sambódromo da Marquês de Sapucaí para receber artistas e convidados; o projeto Over 30, realizado em conjunto com a agência Lew’Lara/TBWA, que se transformou em uma plataforma de visibilidade para pessoas trans; e uma série de conteúdos que fortalecem as redes sociais, como a cobertura dos principais shows e festivais do Brasil, ampliando a atuação para eventos internacionais como SXSW e Coachella.

O meu maior desafio como CMO é posicionar a Billboard como a principal plataforma de música do país. Em pouco tempo, já tivemos grandes conquistas, como o reconhecimento dos próprios artistas e marcas, que elogiam o nosso conteúdo editorial e procuram a nossa expertise para ajudá-los a criar ações que os conectem com o pilar de música. Um exemplo disso é o nosso próximo projeto com o Itaú, onde traremos uma edição especial sobre tudo o que vai acontecer no show da Madonna, que será realizado na Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, em maio”, conta Camila Zana.

Um dos objetivos da Billboard no Brasil é aproximar os fãs dos artistas internacionais. Com isso, a publicação já trouxe capas e entrevistas exclusivas com personalidades como Post Malone, Bebe Rexha, Karol G, Twice, entre outros. Para junho, um dos projetos que está em andamento sob o comando de Zana é a cobertura do São João, principal festa realizada no nordeste do país. Como o Brasil é um país diverso, esse é outro pilar trabalhado na Billboard: a valorização dos diferentes ritmos musicais e a necessidade de dar espaço e visibilidade para tantos talentos espalhados pelas cinco regiões do Brasil.

Hoje, existe uma lacuna muito grande quando a gente fala de consumo de música no país. Não há nenhum veículo que seja especializado em música no Brasil. As coisas são muito picadas no Instagram e nas redes sociais como um todo. Com a Zana assumindo o cargo de CMO, queremos ocupar esse espaço, transformando a Billboard na plataforma que tem essa chancela e credibilidade. O desafio daqui para frente é crescer cada vez mais, focando principalmente em conteúdos proprietários e trazendo valores como a diversidade para nossas ações”, explica Fátima Pissarra, CEO da Billboard Brasil.

Camila Zana começou na Vevo, trabalhando com projetos de música que conectavam artistas a marcas. Com isso, se especializou no segmento musical e construiu um forte relacionamento com o mercado, empresários e gravadoras. Em 2017, foi para a Mynd, que havia acabado de ser criada, para trabalhar como Diretora Artística, responsável pelo desenvolvimento do casting e projetos relacionados à música. Durante todo esse tempo, se capacitou para, hoje, assumir o desafio de ser CMO da Billboard Brasil.

ÚLTIMOS POSTS

Não Perca