Home Agenda “O Encontro – Malcolm X e Martin Luther King Jr” será apresentado nos dias 28 e 29 de janeiro no Sesc Pinheiros
“O Encontro – Malcolm X e Martin Luther King Jr” será apresentado nos dias 28 e 29 de janeiro no Sesc Pinheiros

“O Encontro – Malcolm X e Martin Luther King Jr” será apresentado nos dias 28 e 29 de janeiro no Sesc Pinheiros

por ZonaSuburbana

Temática global e urgente, a luta contra a opressão, discriminação e exclusão dos negros na sociedade é o ponto de partida do espetáculo O Encontro – Malcolm X e Martin Luther King Jr. Dirigida por Isaac Bernat, a encenação narra, num encontro fictício de Malcolm X e Martin Luther King Jr, as diferentes ideias, atuações e estratégias dos dois maiores líderes negros norte-americanos. O espetáculo será apresentado nos dias 28 e 29 de janeiro no Teatro Paulo Autran, no Sesc Pinheiros.

Primeira montagem brasileira, estreada em 2018, no Rio de Janeiro, o texto do norte-americano Jeff Stetson com tradução e adaptação de Rogério Corrêa não se restringe apenas ao lado político e histórico presentes nas trajetórias das duas personagens centrais. O humano em ambos invade a cena e nos faz entender que, por trás de qualquer ideologia ou estratégia de ação, existe alguém com dúvidas, contradições, idealismo e paixão pela causa a que se dedica.

Estamos diante de uma dramaturgia irretocável, contundente, terna e humana, que trata de questões como o racismo, a discriminação e a injustiça social, condutas que impedem a sociedade de ser justa e igualitária. As visões e as práticas de Malcolm e Martin têm muito a nos inspirar e ensinar neste momento em que a humanidade parece perdida e sem esperança”, destaca Isaac. 

Enfatizando a luta pelos direitos civis americanos no fim do século passado, o texto segue atual, uma vez que existe um debate dentro dos segmentos progressistas da população sobre como lidar com a desigualdade e a enorme segregação racial do Brasil, que se apresenta de forma mais sutil e insidiosa do que nos Estados Unidos.

A montagem é importante neste momento porque vivemos um período de fortes polarizações e intolerâncias de diversas ordens. Nós, negros, ainda estamos em situações de muita desigualdade. Esse diagnóstico se tornou clichê, mas é uma realidade”, observa Izak Dahora, intérprete de Malcolm. “Ele era cerebral e estrategista e, ao mesmo tempo, instintivo e dono de uma intuição poderosa e uma força demolidora”, completa.

Rodrigo França, que vive Luther King Jr., mas nestas apresentações será substituído por Orlando Caldeira, engrossa o coro. “Embora seja um crime, ainda temos uma tendência de escamotear o racismo, que no Brasil mata, fere, exclui e enlouquece. Esta montagem é mais uma para tocar nessa ferida. À medida que espetáculos trabalham essa temática, a gente contribui para a reflexão sobre esta realidade. Martin mostrou que vale a pena lutar e buscar uma sociedade mais igualitária e com mais equidade, sempre se valendo da diplomacia, cordialidade e pedagogia como ferramentas”.

Apesar de terem vivido na mesma época, historicamente os ativistas fizeram diferentes trajetórias e só se encontraram durante poucos minutos, num rápido aperto de mãos. Além disso, ambos foram assassinados na década de 1960 e com a mesma idade: aos 39 anos. Cada um, ao seu modo e com suas crenças, deu a vida por um ideal que continua sendo buscado em vários países, inclusive o Brasil, e deixaram marcas eternas na luta pelos direitos humanos.

SINOPSE
O que teria acontecido naquele quarto de hotel do Harlem, onde, por uma hora, dois grandes líderes negros que lutavam pela mesma causa, mas com atitudes completamente opostas, se encontraram?

O Encontro é uma peça de câmara, um recital e, apesar de se basear nas ideias, não se restringe apenas ao lado político e histórico presentes nas trajetórias de Martin Luther King e Malcolm X. O lado humano invade a cena e nos faz entender que por trás de qualquer ideologia ou estratégia de ação existe um ser humano, com dúvidas, contradições, idealismo e paixão pela causa defendida.

Serviço:

O Encontro – Malcolm X e Martin Luther King Jr
Direção de Isaac Bernat. Com Corpo Rastreado e MS Arte & Cultura
Dias 28 e 29 de janeiro de 2022.
Sexta e sábado, às 21h
Ingressos: R$ 40 (inteira), R$ 20 (credencial plena/meia)
Local: Teatro Paulo Autran
Duração: 70 minutos.
Classificação: 12 anos.

*Informações sobre venda de ingressos no site

Você pode gosta

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações