Home Rap Nacional MC Caverinha e Djonga cantam sobre racismo, preconceito e violência na inédita “Meu Corre”
Mc Caverinha & Djonga - Meu Corre

MC Caverinha e Djonga cantam sobre racismo, preconceito e violência na inédita “Meu Corre”

por ZonaSuburbana

O que acontece quando duas gerações distintas do rap, engajadas na luta antirracista e com talento de sobra, se juntam para lançar uma parceria no dia da Consciência Negra? A resposta para essa pergunta está no novo single e clipe “Meu Corre” – um dueto de ninguém menos que MC Caverinha e Djonga.

A música, já disponível nas plataformas digitais pela Elenko, aborda questões pertinentes a qualquer jovem negro que veio da periferia: preconceito, discriminação e, claro, o racismo impregnado na sociedade brasileira.

Mesmo de cidades e idades bem diferentes, Djonga e Caverinha passaram por experiências semelhantes, que ditam o flow escrito pela dupla e produzido por Cita e Jay. Revelação do trap, o adolescente não escondeu o fascínio de gravar ao lado do seu ídolo e maior rapper do Brasil. “Uma vez me perguntaram três artistas que gostaria de gravar. Respondi Djonga, Djonga e Djonga”, brincou.

Ao lado do músico mineiro, Caverinha pode aprender e, assim, criar mais um hit do seu catálogo. Mais importante que tudo isso, ambos puderam transmitir uma mensagem de emancipação a todos aqueles que são marginalizados pela elite. 

É difícil não só para mim, mas para vários ‘molecadinha’ na quebrada de todo o Brasil. A meta é estudar, focar no sonho e quebrar barreiras”, completou o Príncipe do Trap, quando perguntado sobre como é crescer sendo negro e vindo da periferia em um país tão desigual.

O novo single de MC Caverinha e Djonga, “Meu Corre”, está disponível nas plataformas digitais via ONErpm e o vídeo da faixa, dirigido por LF OQ, já pode ser assistido no YouTube.

Você pode gosta

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações