Home Noticias Fióti potencializa a mensagem de “Quando for falar de amor” ao colocar a faixa na trilha do filme Lulli, fenômeno disponível na Netflix
Fióti potencializa a mensagem de “Quando for falar de amor”

Fióti potencializa a mensagem de “Quando for falar de amor” ao colocar a faixa na trilha do filme Lulli, fenômeno disponível na Netflix

por ZonaSuburbana

Afeto, amor e cumplicidade são os elementos que dão forma a “Quando for falar de amor”, single de Fióti com a participação da banda Tuyo. Prestes a completar dois anos do seu lançamento, a música, que é uma co-autoria do cantor e compositor paulistano com o rapper Coruja BC1, tem produção de Marcio Arantes e chegou aos aplicativos de streaming através da gravadora Laboratório Fantasma, volta aos holofotes em um momento em que a mensagem da canção se faz tão necessária.

A sincronização da obra e fonograma musical faz parte de uma parceria estratégica da editora Lab Fantasma com a Warner Chappell, juntas, as empresas conseguiram viabilizar a incursão da obra na trilha sonora do filme Lulli, que tem a atriz Larissa Manoela como protagonista e foi disponibilizado em dezembro na Netflix. Não demorou muito para que o longa-metragem se tornasse um fenômeno mundial, ficando no ranking das 10 produções mais vistas da plataforma desde a sua estreia e se tornando o filme de língua não-inglesa mais assistido – globalmente – em sua primeira semana de exibição. “Quando for falar de amor” é tocada durante uma cena marcante do filme, o que refletiu diretamente na busca do público pela faixa. A música acumula mais de 2.3 milhões de plays nas plataformas digitais e no Spotify, a canção viu o seu consumo aumentar em 15%, desde o lançamento do longa-metragem.

Lulli tem levado entretenimento e diversão para milhões de lares nesse momento em que as pessoas estão precisando de leveza e afeto em suas rotinas. Então ter uma música minha na trilha desse filme me deixa honrado”, comenta Fióti, artista e CEO da Lab Fantasma. “A nossa missão, enquanto Laboratório Fantasma, é de impactar a sociedade de maneira positiva e a ótima repercussão de “Quando for falar de amor” comprova que a música pode transformar a vida das pessoas”, ele complementa.

Indicada ao Grammy Latino na categoria “Melhor Álbum de Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa” pelo álbum Chegamos Sozinhos em Casa Vol.1, a banda Tuyo, que faz participação especial na faixa, também sentiu os efeitos de integrar a trilha sonora de Lulli. “É um filme super mainstream, para toda família, e é muito legal que a mensagem que passamos na música seja colocada nesse lugar. Muitas pessoas têm conhecido a gente por conta dessa música e estamos recebendo todo esse carinho”, afirma Lio, integrante da Tuyo ao lado de Lay Soares e Machado.

Além de estar disponível nos aplicativos de streaming, Quando for falar de amor” tem um videoclipe comovente disponível no YouTube da Laboratório Fantasma. O registro audiovisual, dirigido por Henrique Alqualo, soma mais de 170 mil visualizações e traz o amor na perspectiva da empatia em uma sociedade ainda marcada pela violência contra a comunidade LGBTQIA+. Por meio do casal formado pelas atrizes Angela Sousa e Talita de Lima (cadeirante que perdeu os movimentos das pernas), o videoclipe reforça a importância de uma sociedade que humanize e não tolere mais exclusão de seres humanos que têm algum tipo de deficiência. “As limitações das pessoas deveriam nos aproximar e não nos afastar”, reforça Talita em depoimento sensível e empático ao final do clipe. A atriz foi eleita a primeira vereadora cadeirante de Taubaté, com maior número de votos na última eleição. 

Parte dos royalties da faixa “Quando for falar de amor” foram doados para a ONG Movimento SuperAção, que toma para si a responsabilidade de alertar a sociedade sobre a importância da inclusão das pessoas com deficiência. 

Você pode gosta

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações