spot_img
sexta-feira, junho 14, 2024

Últimos Posts

Espetáculo com Martha Nowill, exposição com obras de Max B.O. e mostra de cinema movimentam a Oficina Cultural Oswald de Andrade

Uma das obras do rapper Max B.O. que faz parte da exposição Ojú Adé – O Olho da Coroa (foto: Divulgação)

As pessoas que circulam pelo Bom Retiro e bairros vizinhos encontram uma exposição com obras do rapper Max B.O.,  mostra de cinema grego e apresentação teatral na Oficina Cultural Oswald de Andrade, unidade localizada no Bom Retiro e próxima ao metrô Tiradentes. Toda a programação é gratuita e algumas atrações distribuem ingressos.

O equipamento integra as Oficinas Culturais, programa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e gerenciado pela Poiesis. Fique por dentro de alguns destaques:

Mais de 50 obras do rapper Max B.O. – desenvolvidas durante o isolamento social causado pela pandemia de Covid-19 – estão reunidas na exposição Ojú Adé – O Olho da Coroa, aberta até o dia 28 de outubro, de segunda a sexta-feira, das 10h às 21h. Com a curadoria de Ceres Macedo e do grafiteiro Bonga Mac, a exposição individual de Max B.O. traz suas obras em colagem, pintura e escultura em madeira que resgatam diferentes contextos, épocas, as forças ancestrais, o jogo de palavras, questões sociais e  políticas.

O rapper utiliza materiais como moedas, guizos, búzios, componentes de equipamentos de som, entre outros objetos. Para o período expositivo na Oficina Cultural Oswald de Andrade, Max B.O. criou cinco novas obras que completam  Ojú Adé – O Olho da Coroa: XesuX, Seu Zé, O. Oniré, Nhá Chica e Ossain.

A mostra Encontros e desencontros do amor no Cinema Grego chega com filmes que abordam histórias de amor e de amizade em contextos diversos e como essas relações mudam vidas de formas inesperadas. A coordenação é de Paulo Sertek, diretor do grupo Zorbás de danças gregas, e pesquisador das danças populares gregas e da música grega folclórica. O público também poderá participar de conversas com estudiosos da cultura grega em diversas frentes após cada sessão. Os filmes serão exibidos até 12 de novembro, sábados, a partir das 16h. Somente em 12/11 a sessão começa às 15h. Para assistir, basta retirar os ingressos até uma hora antes de cada exibição.

Entre as sessões está o filme Mundos Opostos (2015), de Christopher Papakaliatis, com exibição no dia 5/11. A obra cinematográfica aborda uma Grécia assolada pela crise socioeconômica e desorientada pelas ondas migratórias, mas ainda conectada aos seus deuses, em especial Eros, deus do amor. Após a exibição, os participantes encontram uma palestra com Stylianos Tsirákis, diretor presidente da Areté – Centro de Estudos Helênicos, arquiteto pela FAU USP, estudioso da cultura clássica e autor do livro “Uma viagem à Grécia: os jogos olímpicos e os deuses” (Ed. Odysseus, 2003). Acesse o site do programa Oficinas Culturais para conhecer a agenda completa da mostra de cinema grego.

Marta Nowill apresenta a peça Pagu (foto: Eduarda Albuquerque)

Até o dia 5 de novembro, às quintas e sextas-feiras, às 20h, e, aos sábados, às 18h, a atriz e roteirista Martha Nowill apresenta a peça Pagu. Com direção de Elias Andreato, o espetáculo se inspira em um manuscrito feito na prisão por Patrícia Galvão (1910-1962), escritora, jornalista e militante política brasileira mais conhecida como Pagu. A apresentação mescla os relatos dela com os da atriz que a interpreta, Martha Nowill, a qual traz algumas experiências pós-pandêmicas, sendo mãe de gêmeos e outras vivências. Os ingressos são distribuídos com uma hora de antecedência.

As demais informações, como ficha técnica e classificação indicativa, estão detalhadas abaixo. A programação completa das unidades fica disponível no site do programa Oficinas Culturais.

SERVIÇO:

Programação totalmente gratuita

EXPOSIÇÃO: Ojú Adé – O Olho da Coroa

Obras de Max B.O.
Curadoria: Bonga Mac e Ceres Macedo

Aberta até 28 de outubro – Segunda a sexta-feira, das 10h às 21h

MOSTRA ENCONTROS E DESENCONTROS DO AMOR NO CINEMA GREGO

Até 12 de novembro, sábados, a partir das 16h; 12/11, às 15h

Para assistir as sessões, basta retirar os ingressos até uma hora antes de cada exibição

Confira as demais exibições:

05/11

Mundos Opostos (2015), de Christopher Papakaliatis

Palestrante: Stylianos Tsirákis

Dia 12/11, às 15h

Zorba, o Grego (1964), de Kakoyiánnis

Palestrantes: Silvia Ricardino e Marisa Ribeiro Donatiello

Evento de encerramento: Apresentação de danças gregas do grupo Zorbás

Acesse o site do programa Oficinas Culturais para conhecer a agenda completa da mostra de cinema grego e as sinopses dos filmes

ESPETÁCULO: PAGU
Com Martha Nowill
Direção: Elias Andreato
Até 5/11 – quintas-feiras, sextas-feiras, às 20h; e sábados, às 18h
Sessão com Libras dia 28/10
Faixa etária: a partir de 16 anos
40 Lugares – Ingressos gratuitos distribuídos 1h antes
Duração: 60 minutos

Ficha técnica:
Dramaturgia: Martha Nowill a partir do manuscrito de Patricia Galvão – Pagu
Direção: Elias Andreato
Cenografia: Marina Quintanilha
Trilha Sonora: Ed Côrtes
Iluminação: Elias Andreato e Junior Docini
Preparador corporal: Roberto Alencar
Assistente de direção: Rodrigo Chueri
Produção Executiva: Fani Feldman

ÚLTIMOS POSTS

Não Perca