Home Editorial A ascensão do Afro Trap no Brasil — A nova tendência musical da América Latina

A ascensão do Afro Trap no Brasil — A nova tendência musical da América Latina

por ZonaSuburbana

Os laços históricos entre os povos africanos e a formação territorial latino americana!

Desde a colonização portuguesa e espanhola na América Latina a cultura dos povos africanos se tornou uma parte da identidade cultural na formação dos povos latinos. Essa ligação ancestral foi materializada de diversas formas na nossa cultura, na culinária, religião, vestimenta e não poderia ser diferente com a música.

A Africanidade do RAP

O Afrobeat é um gênero musical criado pela banda nigeriana Fela Kuti nos anos 1970, um estilo similar ao Hip Hop e sua junção se popularizou nos EUA em meados dos anos 2000, e agora está explodindo nas casas de show’s francesas com sua evolução: O Afro Trap!

Com batidas rápidas vindas do Coupé Decalé e contando com toda agressividade do Trap, o Afro Trap vem conquistando toda a Europa e a África, com artistas como, MHD e Black M, e agora está gerando grandes expoentes na América Latina.

Samora N’zinga – Do Afro Ao Trap

Samora N’zinga é um destes expoentes, artista da cena do RAP Belorizontino, vem trazendo toda essa musicalidade do Afro Trap com um toque latino para as paradas de sucesso brasileiras com o hit “Moçambique”. O artista faz referências diretas a história do país da costa leste Africana, e cria uma ponte musical com a história do Povo Preto no Brasil.

Samora tem apenas 24 anos e já tem um disco gravado. O seu primeiro trabalho “Primeiro Plano” faz uma crítica a várias engrenagens do sistema. De maneira firme e subversiva tomou de assalto as ruas de Belo Horizonte (MG), Fortaleza (CE), Recife (PE) e Vitória (ES).

Agora com o seu novo projeto “Do Afro Ao Trap” vem trazendo toda a irreverência do trap com o swing do Afro sem se esquecer das letras picantes cheias de críticas sociais e referências ao cenário político atual.

Os latinos dominando a p*rra toda

Não estamos falando apenas de “Despacito”. Aqui, a situação não se trata mais de um hit esporádico como foi “Macarena”. J Balvin, Camila Cabello, Maluma… A música latina e a música negra ficaram mais evidentes em 2018 tanto no mainstream quanto no underground.

Artistas como, Beyoncé, DJ Khaled e Rihanna flertaram com a sonoridade latina, além de grandes expoentes brasileiros como Anita, MC Papo, IZA e Rincon Sapiência que trazem em seus trabalhos influências do Afro Trap. Rincon por exemplo estourou com o Hit: “Ponta de Lança” que foi sua primeira música inspirada do Afro Trap.

A lusofonia musical

Um projeto que nasce internacionalizado…” com essa frase Samora N’zinga sintetiza seu novo projeto Do Afro Ao Trap. Com a música, intitulada “Moçambique” que abre o projeto, Samora começa sua “Saga Musical”, que como ele mesmo diz na música, criará uma ponte entre Brasil e Moçambique. Mesmo existindo uma barreira física gigantesca separando os dois países, a semelhança histórica e cultural transpassa essa barreira de maneira instantânea por meio da linguagem, graças a internet e a constante crescente do uso das redes sociais esse trabalho foi lançado oficialmente nos dois continentes ao mesmo tempo. Não só os estilos afro latinos, mas a língua, as palavras, estão conquistando um território que ultrapassa cada vez mais as fronteiras da América.

Essa aproximação cultural já não é nova, mas está se fortificando cada vez mais e se tornando uma ampliação do mercado musical brasileiro nas terras da África. Assim como aconteceu com o Funk nos anos 90 e com o RAP nos anos 2000, o Afro Trap é a nova tendência musical do momento. Bom saber que estamos bem representados por Samora N’zinga.

Confira alguns artistas que estão utilizando do Afro Trap em seus trabalhos:

Samora N’zinga – Moçambique

Deejay Teelio, DeezB e MC Bin Laden – Tá Louca (Funk + Afro Trap)

Rincon Sapiência – Afro Rep

IZA e Rincon Sapiência – Ginga

MHD – La Puissance

Major Lazer – RUN UP

Black M Ft. MHD – A’louest

Deejay Telio – Chora Agora

Texto: Guilherme Marques (Guardião)

Você pode gosta

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações