Home Rap Nacional Reis do Nada faz releitura de “Beija-Flor” do Cacife Clandestino e lança videoclipe

Reis do Nada faz releitura de “Beija-Flor” do Cacife Clandestino e lança videoclipe

por ZonaSuburbana

Reis do Nada lançou na última sexta, 13 de dezembro, o videoclipe “Beija-Flor” é de uma releitura de um dos primeiros sucessos do grupo carioca Cacife Clandestino. Com autorização de Felp 22, os Reis reproduziram o refrão dando sua própria interpretação e adicionando novos versos para faixa que conta com a colaboração da cantora Flora Cruz de cidadania múltipla (brasileira e britânica) e participante do último The Voice Brasil.

A dupla florianopolitana composta pelos vocalistas e produtores Laurinho Linhares e Ph, é indiscutivelmente um dos nomes mais relevantes do R&B nacional, somando em seus trabalhos mais de 5,6 milhões de visualizações no Youtube. O projeto nasceu numa ilha em floripa (onde moram até hoje) e significa um sentimento comum, não é preciso de muito pra ser rei.

A música foi produzida por Reis do Nada e J. Grooves e escrita pelo time de peso Felp 22, Ph, Laurinho Linhares e Flora Cruz. O resultado é um beat chill que transmite suavidade e leveza na soma da guitarra, contrabaixo, trombone e synths, proposta principal do som.

“Em 2019 crescemos muito profissionalmente e musicalmente, lançamos singles que permearam o ano todo e um EP com Luccas Carlos. Somos a maior banda desse segmento no sul do Brasil com mais de 120 mil ouvintes mensais no spotify e queremos expandir mais…” afirma Laurinho enquanto PH completa: “Para 2020, vamos continuar com o plano de lançar uma música por mês, e já posso confirmar algumas participações, Pablo da 1kilo, Luana Berti do The Voice, Banda Fly, entre outros… além das nossas produções autorais. Posso adiantar que a banda pretende passar uma temporada em São Paulo para shows e alinhar novas parcerias.”

O videoclipe conta com a direção criativa e produção da The Sassy Box, em parceria com Erick Bark da Arcenic Films. Baseado na estética retrô que também atende a atualidade, é recheado de apelos visuais que transitam entre cultivo de flores e coleção de antiguidades. Assista abaixo:

Você pode gosta

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações