spot_img
quinta-feira, fevereiro 22, 2024

Últimos Posts

Tropkillaz lança o álbum “Reworkz”, com músicas dos 10 anos da carreira do duo

Tropkillaz está entre os nomes que definem o som urbano brasileiro. Zegon e Laudz trabalham juntos desde 2012 e traçaram um caminho que desafia a rigidez dos gêneros musicais, manipulando frequências e criando texturas sonoras inconfundíveis. Navegando tanto na cena alternativa quanto na Pop, o duo construiu uma sonoridade característica, mas sempre em movimento, que já rendeu prêmios do Latin GRAMMY e indicação ao GRAMMY estadunidense. O fato de marcarem presença no mercado internacional, incluindo produções para estrelas do K-pop, só atesta para a versatilidade do som Tropkillaz, admirado por nomes como Ryan Tedder e Stargate. Com “Reworkz”, os músicos revisitam o começo da dupla ao lado do produtor Different J, abrindo os arquivos digitais das principais faixas da carreira e adicionando a experiência que uma década juntos no mercado trouxe.

O álbum “Reworkz” é formado por dez faixas previamente lançadas como singles, além de “Check The Tempo”, que chega às plataformas de música pela primeira vez, agora em sua versão reimaginada.

Boa Noite” abre o álbum e imediatamente leva o ouvinte para o espaço-tempo Tropkillaz. A faixa, lançada em 2014, popularizou o sample de “Baianá” do grupo Barbatuques, que aparece agora como participação especial na nova versão. O impacto na cena foi tão grande que o sample passou a ser amplamente utilizado por outros artistas. A versão em “Reworkz” aparece ainda mais energizada e pronta para dominar novamente as pistas. “Passito”, “Disbroqueia a Tela” e “Booty to the Bass” dão sequência à tracklist e revelam a elasticidade do som que Zegon e Laudz construíram ao longo dos anos.

Para celebrar esses dez anos, resolvemos voltar às nossas raízes, sem compromisso com formulas do mainstream. Focamos na essência e simplicidade com as quais começamos Tropkillaz, de volta ao espírito underground e, como sempre, não seguindo o padrão que domina a cena eletrônica”, explica Zegon.

A ousadia de combinar com maestria elementos de reggae com drum and bass em “Badman” mostram como a dupla não deixa convenções limitarem boas ideias. “Try Me” introduz uma sonoridade mais doce, antes que “Lunatic” chegue para derreter o ouvinte com sua intensa e insana percussão. “Bugg that A$$” vem em seguida com dramáticos synths que levam a dois tipos de drops diferentes.

Check the Tempo”, já conhecida pelos fãs, mas lançada oficialmente pela primeira vez, leva o ouvinte ao ápice de uma noite na pista. A introdução com trompetes mexicanos logo desagua num intenso drop que certamente será bem recebido nos sets de DJs. “Que Passa Amigo” conclui o projeto que celebra o começo do legado Tropkillaz. As dez faixas se complementam e formam um retrato de como é possível conversar com gêneros mundiais e adicionar brasilidade a eles sem perder e identidade no caminho. Mais do que produtores talentosos, Zegon e Laudz reafirmam o compromisso com a criatividade, com a música dance brasileira e olham para o futuro do mercado com a mente e seus laptops abertos.

ÚLTIMOS POSTS

Não Perca