spot_img
terça-feira, março 5, 2024

Últimos Posts

Pocah apresenta “Passando O Rodo” com clipe que revisita referências do pop e brada a liberdade feminina

Já está em todas as plataformas digitais, “Passando o Rodo”, single de Pocah embalado em companhia das cantoras e, também, amigas MC MirellaLara Silva e Tainá Costa. Em seguida, ao meio dia, é a vez do clipe, dirigido por Fernando Moraes, aterrissar no canal da cantora no Youtube. A nova canção faz parte de um projeto de verão que a cantora concebe para presentear o público nesta volta paulatina aos shows e eventos. “Música para mim é identidade e muita conexão. Eu me conectei com esta canção de uma maneira muito rápida e acredito que ela tem muito a ver com meu repertório. É uma composição que pode parecer simples, mas novamente fala de liberdade feminina”, explica Pocah.

As participações eram um pedido dos fãs das quatro artistas e acontecem agora porque Pocah tem a convicção de que é o momento e música certos para o feat: “Reunir quatro artistas com seus compromissos, suas agendas, é muito difícil. Mas deu tudo certo e o resultado a gente confere não só no bom clipe, mas no clima de união e amizade”– avisa Pocah.
 
O clipe, com direção de Fernando Moraes, o mesmo por trás do marcante audiovisual de “Toda Sua”, tem como pano de fundo o pop do meio dos anos 2000 e conta com diferentes cenários externos, muito sol, brilho e sensualidade – sendo esta novidade apenas a primeira pista de um trabalho completo que, no próximo ano, Pocah lançará para abordar relacionamentos – seus términos e paixões – de forma pra lá de bem humorada e empoderada.
 
O resultado de “Passando o Rodo”, afinal, não poderia ser menos retumbante, como diz MC Mirella que, com Pocah, é dona do sucesso “Quer Mais”, lançado em 2018. “Fomos muito felizes juntas em nosso primeiro trabalho e, com mais duas amigas, tenho certeza que o público vai adorar”, conta. Para Lara a referência é incrível: “Eu amo essa estética, esse babado. E claro, as músicas daquele tempo.” – se anima. “Estou muito ansiosa para ver todos dançando e as mulheres novamente cantando sua liberdade” – completa Tainá.

ÚLTIMOS POSTS

Não Perca