spot_img
terça-feira, maio 28, 2024

Últimos Posts

O ex-dublê de Eminem, Ryan Shepard, morre aos 40 anos

De acordo com o Tri-City Herald ,Shepard foi atropelado por uma caminhonete em direção ao sul quando entrou no cruzamento da Olympia Street na 14th Avenue em Kennewick, Washington por volta das 2h45, horário local, em 31 de janeiro.

Os socorristas chegaram logo após o acidente e transportaram Ryan Shepard para o hospital, onde ele morreu mais tarde. O motorista, que permaneceu no local e cooperou com as autoridades que investigam o acidente, não apresentava sinais de embriaguez.

No domingo (12 de fevereiro), o irmão de Shepard, Kyle, confirmou ao TMZ que o homem em questão era na verdade a mesma pessoa que trabalhou com Eminem no início dos anos 2000.

Além de servir como dublê de Em, Ryan Shepard apareceu como o alter ego super-herói do rapper, Rap Boy, no MTV Movie Awards de 2002. Shepard também fez uma turnê com a equipe da Shady Records durante a Anger Management Tour de 2002.

Mais tarde, ele se juntaria a Eminem para mais duas turnês, pela Europa e Ásia, e apareceria no vídeo “Purple Hills” do D12.

Apesar dos primeiros trabalhos da carreira de Ryan Shepard foi na indústria do entretenimento, ele obteve sucesso no mundo da tecnologia, relata o Mirror.

Ele se descreveu no LinkedIn como um “Engenheiro Criativo apaixonado por Inteligência Artificial, Robótica e Automação. Experiente em Usinagem e Fabricação de Protótipos”, cuja especialização incluía “Projeto e Análise de Engenharia Mecânica, Automação, Robótica e Programação”.

Seu currículo incluiu uma passagem como engenheiro mecânico de veículos na Disney e como engenheiro de automação de testes para a SpaceX, empresa de Elon Musk

No momento de sua morte, ele trabalhava como freelancer como engenheiro chefe de animatrônicos da empresa Garner Holt Productions, com sede na Califórnia, que cria figuras animatrônicas e exibições temáticas para atrações, museus, lojas e restaurantes.

Ryan Shepard deixa dois filhos, de 11 e sete anos. No momento da redação deste artigo, Eminem – que não é muito ativo nas redes sociais atualmente – não havia comentado sobre a trágica perda.

ÚLTIMOS POSTS

Não Perca