spot_img
sábado, março 2, 2024

Últimos Posts

MC Luanna, MC Livinho, Festival Nordeste Aqui e mais: confira a agenda das Fábricas de Cultura

Em agosto, as Fábricas de Cultura, programa da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de São Paulo e gerenciado pela Poiesis, vão explorar diversas manifestações artísticas periféricas. Toda a programação é gratuita. Confira os destaques:

A agenda começa com o bate-papo Favela Fala: o Funk como expressão cultural na Fábrica de Cultura Brasilândia no dia 15, terça, às 19h. Realizado pela equipe dos Estúdios, o encontro abordará o impacto cultural do Funk nas periferias, a geração de renda deste movimento e as críticas que o cercam. A conversa terá a participação do Mc Livinho, que fará uma apresentação no final; de Gabriela Monteiro, integrante do coletivo ColetividArte; e Bruno Ramos, da produtora artística GR6 Explode. A atividade conta com intérprete de LIBRAS e será transmitida ao vivo pelo canal da Only Funk no YouTube.

No dia 16 de agosto, quarta, às 14h30, a equipe de biblioteca da Fábrica de Cultura Jardim São Luís recebe a Cia. Pé de Cura na atividade Palavra Raiz, que apresentará uma contação de histórias que percorre uma trajetória do continente africano ao sertão nordestino. 

Já no sábado, 19, a partir das 14h, acontece o Festival Vozes da Quebrada na Fábrica de Cultura Jaçanã. O evento musical contará com a participação da banda Jova Soul com o repertório de Rock, Reggae e MPB, e do duo de rap Templo Negro, que tem em sua formação o Brum el’Bap e Duende do Verso. Também do sábado, mas das 14h às 19h30, vai acontecer o Festival Nordeste Aqui, evento que anualmente celebra a cultura nordestina, promovido pela Fábrica de Cultura Capão Redondo na Estrada de Itapecerica, altura do nº7185. 

Neste ano, o público poderá se divertir com o espetáculo Caixola Brincante, do Grupo Teatro a Bordo, e com as apresentações do grupo Brincantão, formado por aprendizes da unidade, e do Grupo Cupuaçu Danças Brasileiras, que realizará um auto ao Bumba meu Boi. Além disso, o Coletivo Forró das Minas apresentará o show do projeto As Arrumadinhas, que traz um forró incrementado pela junção do balanço do samba e outros estilos nordestinos, como Coco de Roda, Maracatu e Baião. Já na sexta, 25, o público poderá assistir a uma projeção de imagens animadas que resgatam e valorizam as tradições, histórias e riquezas dos estados do nordeste brasileiro no prédio da Fábrica.

Para celebrar o Dia do Folclore, comemorado no dia 22 de agosto, a equipe de biblioteca da Fábrica de Cultura Capão Redondo realiza a atividade Criando Personagens do Folclore às 14h30. Neste encontro os participantes irão criar fantoches com tecidos e cartolinas, a partir das histórias do saci pererê, caipora, curupira e outros personagens. 

Na quarta, 23, a partir das 14h, a equipe de biblioteca da Fábrica de Cultura Jaçanã promove uma Oficina de Sticker Art, ou arte de adesivos, em que será abordado o histórico deste movimento de replicar e colar adesivos com imagens ou mensagens em superfícies como postes e placas de rua. Os participantes serão desafiados a desenhar com o apoio do stencil e lettering para criar o próprio adesivo.

Também no dia 23, mas na Zona Sul, a biblioteca da Fábrica de Cultura Diadema recebe o Coletivo As Trapeiras que apresenta às 15h o espetáculo Tramarias: libertando-se das tramas. A produção discute a naturalização da violência doméstica no cotidiano. 

Já no dia 24, quinta, a Fábrica de Cultura Osasco recebe o show De repente Hip-Hop que trará um encontro entre artistas repentistas e do hip-hop, como Aliados da FênixExtremo RapPreta LokaCaio Repente dos Coités, Adão RepentistaColetivo Oeste Rap, entre outros. As apresentações começam às 14h30 e fazem parte da programação do Estéticas das Periferias 2023, evento organizado pela Ação da Cidadania.

Nos dias 24 e 25, quinta e sexta, às 15h e às 20h respectivamente, a Fábrica de Cultura Jardim São Luís terá uma dobradinha teatral com o espetáculo Inútil Canto e Inútil Pranto pelos Anjos Caídos, baseado no livro de mesmo nome escrito por Plínio Marcos. A apresentação solo, realizada por Ícaro Rodrigues, debate a questão do encarceramento em massa no Brasil.

Outra opção para sexta, 25, é assistir ao documentário Saída de Emergência: Reencontros musicais da diáspora negra, de Daniel Lima. A produção será exibida às 10h na Fábrica de Cultura Vila Nova Cachoeirinha e retrata as convergências musicais de artistas e sonoridades do Brasil, Colômbia, Cuba e Haiti. 

Pelo canal no YouTube das Fábricas de Cultura o público poderá assistir a uma conversa sobre Igualdade Feminina com a psicóloga clínica e terapeuta sexual Thalita Carvalho. O bate-papo estará disponível a partir das 19h no dia 25, e foca nas discussões sobre equidade, igualdade e liberdade sexual feminina.

O sábado, 26, será animado em diversas Fábricas de Cultura. A programação começa com o Festival SP Mix Con de Produção Musical na Fábrica de Cultura Jardim São Luís que promoverá oficinas e debates sobre a área de produção musical na era digital para profissionais e demais interessados. O evento se estenderá pelo domingo, 27. Em ambos os dias a programação começa às 14h. Saiba mais neste link

Na Grande São Paulo o público poderá aproveitar o evento de celebração do 1º Aniversário da Fábrica de Cultura Osasco. As festividades começam às 15h com show do Emcee Lê, residente de Osasco, uma das principais vozes da cultura dancehall e sound system. Depois, às 18h, será a vez de MC Luanna, que trará convidados surpresas para agitar a festa.

E a programação do dia 26 termina na Zona Norte com o 9º Aniversário da Fábrica de Cultura Brasilândia que neste ano terá apresentações de Mc KelvinhoMc Menor da VG, e de Malibek, artista não-binária independente, que se junta ao Baile das Cruelas para a festa. O evento começará às 17h.

No Dia da Visibilidade Lésbica, 29 de agosto, estará disponível no canal do YouTube das Fábricas de Cultura, a partir das 18h, uma roda de conversa com a rapper Sabrina Victoria, de Juquiá, e a designer esportiva Lyvia Pereira, de Registro, e a mediação será da animadora cultural Ariane Carvalho.

A programação do mês será finalizada com duas ações especiais: no dia 29, às 19h, a Fábrica de Cultura Diadema exibe o filme Marte Um (2022), de Gabriel Martins, que aborda a vida de uma família negra que vive em uma capital brasileira e encontra barreiras financeiras para concretizar alguns sonhos; já no dia 30, quarta, às 14h30, a equipe de biblioteca da Fábrica de Cultura Vila Nova Cachoeirinha realiza a atividade O Auto da Compadecida sob novos olhares, ação que busca refletir sobre a obra a partir de perspectivas atuais. 

ÚLTIMOS POSTS

Não Perca