spot_img
segunda-feira, março 4, 2024

Últimos Posts

Brasil consome mais música do que a média mundial, diz pesquisa

A pesquisa “Engaging With Music” é um relatório produzido pela Federação Internacional da Indústria Fonográfica, a IFPI, que analisa dados da indústria da música gravada em todo o mundo. Na última edição, lançada em dezembro de 2023, foram analisados dados de mais de 43.000 pessoas em 26 países.

De acordo com o relatório, os brasileiros ouvem 24,9 horas de música por semana, quantidade acima da média mundial de 20,7 horas. A Pro-Música, entidade que reúne as principais gravadoras do Brasil, divulgou dados ainda mais específicos sobre a cultura musical da população do país.

Enquanto 71% da população mundial afirma reconhecer a importância da música para a manutenção da saúde mental, 83% dos brasileiros concordam com a afirmativa proposta pela pesquisa, mostrando a participação da cultura musical no dia a dia da comunidade do país. Além disso, a variedade de gêneros musicais ouvidos no Brasil também excede a média global.

De acordo com a Pro-Música, a média de horas ouvidas pela população brasileira vem aumentando com os anos, passando de 20,4 horas por semana em 2022 para 24,9 horas na última pesquisa realizada em 2023. Isso ocorre, principalmente, pela facilidade de acesso à música a todo tempo de forma online e com aparelhos portáteis. 

82% do público acha que existem mais formas de ouvir música agora do que nunca

Do rádio ao Spotify, os brasileiros apostam em novas formas de ouvir música a cada ano, segundo a pesquisa. Com a facilidade de acesso com plataformas online e aparelhos portáteis e recarregáveis, o consumo de música aumenta entre os brasileiros, no entanto, os CD’s e DVD’s de música ainda não saíram de cena, sendo uma opção barata e de fácil acesso.

Entre um dos meios mais comuns de ouvir música atualmente está os rádios de automóveis. Seja em carros próprios ou em veículos de locadoras de carro, ficou mais fácil – e possível – conectar o celular ao meio de transporte e fazer o treajeto envolto aos sons que ama. 

47% dos brasileiros ainda consomem música através de métodos ilegais ou não licenciados (são 29% no mundo) 

Os métodos vinculados à pirataria, ou seja, a reprodução de itens de forma ilegal, ainda são muito utilizados no Brasil. Desde downloads ilegais e CD’s copiados e vendidos sem licença, são inúmeras as formas que os brasileiros que ainda não estão inseridos no universo do streaming utilizam para incluir a música no dia a dia.

Os dispositivos pendrive e os CD’s agradam, principalmente, por se adequarem a grande maioria de aparelhos. Os métodos ilegais facilitam o consumo para a população que possui menor afinidade com tecnologia e ainda permitem ouvir música em qualquer lugar.

O número de horas ouvidas e a variedade de gêneros consumidos pelos brasileiros colocam o país como um dos maiores mercados para a indústria musical no mundo.

ÚLTIMOS POSTS

Não Perca