Home Rap Nacional “Tenho Que Correr”: clipe de Marcão Baixada e Rodrigo Caê nasce dentro de um filme
Marcão Baixada e Rodrigo Caê - Tenho Que Correr

“Tenho Que Correr”: clipe de Marcão Baixada e Rodrigo Caê nasce dentro de um filme

por ZonaSuburbana

O rapper Marcão Baixada lança seu novo videoclipe neste sábado (30), data especial em que se comemora o Dia da Baixada. “Tenho Que Correr” conta com a participação do músico Rodrigo Caê e está inserida dentro do documentário “@predioposto13 – Meu Nome é União”, de Josy Antunes.

O filme relata a história de um prédio de cinco andares, localizado às margens da Rodovia Presidente Dutra, em Nova Iguaçu, Rio de Janeiro. Com a cor azul e “tatuado” com camadas do xarpi carioca, está abandonado por, pelo menos, 20 anos, porém, não deixa de ser um Ícone da Baixada Fluminense.

Marcão Baixada contribui com a trilha sonora desse filme de forma orgulhosa, pois o processo foi resultado da colaboração de diversos artistas da região. “A Josy e o Caê foram duas grandes referências pra mim enquanto fazedores de cultura no início da minha carreira e fiquei muito feliz por estarmos colaborando juntos nesse projeto”, comenta Marcão.

Numa homenagem à Baixada Fluminense, as cenas foram gravadas ao redor do Prédio Posto 13 e a letra aborda as lutas diárias dos moradores da região. “A canção traz uma certa urgência em se colocar em destaque com nossas batalhas e legitimar o protagonismo da região se colocando para além dos estereótipos”, conta Caê.

A direção do clipe é realizada por Higor Cabral, criador audiovisual responsável por realizar os vídeos anteriores do Marcão, além de diversos artistas da região e que também fez a edição do documentário. “Essa é uma música que o Marcão já tinha antes do documentário. Mas quando colocamos para ouvir a primeira frase da música já parece que é o prédio falando com a gente. Esse ser inanimado ganha vida no filme através das conexões das pessoas com ele”, explica Higor.

O videoclipe de “Tenho Que Correr” está disponível no YouTube, e já está também como uma das cenas do documentário “@predioposto13 – Meu Nome é União” que está rodando em festivais de cinema do Brasil.

Você pode gosta

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações