Home Zona Funk Tati Zaqui e Bia Marques lançam “Funk de Pelúcia”
Tati Zaqui e Bia Marques - Funk de Pelúcia

Tati Zaqui e Bia Marques lançam “Funk de Pelúcia”

por ZonaSuburbana

Funk de Pelúcia”: Ousadia, empoderamento e bom humor, características que definem bem a cantora Tati Zaqui. Sem perder a essência e muito bem resolvida, ela celebra o Dia dos Namorados com muita autenticidade!

No dia 11 de junho, data que antecede a comemoração dos casais apaixonados em todo o Brasil, Tati Zaqui e Bia Marques lançam “Funk de Pelúcia”. A canção, diferente de tudo o que Tati já apresentou até hoje, traz uma melodia “fofinha”, que mistura o funk com o pop, mas que, claro, bem ao estilo da funkeira, é um conselho para as pessoas que estão sofrendo após o término da relação. “Que delícia de música! Estou feliz. ‘Funk de Pelúcia’ é um grande acerto, muito dançante, divertida e tem um papo atual. Um presente da Bia Marques. Só posso desejar que as pessoas ouçam muito e, claro, assistam ao clipe que ficou sensacional”, fala Tati Zaqui. A produção musical é da 48k.

Amei muito a música e o clipe! Conseguimos unir o meu estilo com o da Tati Zaqui. Acredito que muitas pessoas irão se identificar. Também fiquei feliz de fazer um funk com violão, já que a MPB faz parte da minha essência, cresci ouvindo Caetano Veloso, João Gilberto, dentre outros. Meu desejo é que as pessoas se divirtam! E, para quem estiver sofrendo, que sofra sim, mas balançando a raba (risos)”, completa Bia Marques.

Juntas, Tati Zaqui e Bia Marques mostram que a máxima “a dor inevitável, mas o sofrimento é opcional” é realmente verdade! No filme, dirigido por Lucas Ferreira e Murilo Boca,  protagonizam as cenas divertidas com ideia original e roteiro assinado por Allex Salles.

A grande produção da Digital Music revela a riqueza de detalhes nas cores, figurinos e cenários, misturando elementos  (vintage e moderno), aproximando, a cada instante, a ficção com a realidade.

O destaque, sem dúvidas, fica para o mascote de pelúcia produzido em tamanho real que, durante o clipe, como um amigo de verdade, interage, apoia e consola Tati. Mas, como todo sofrimento não dura para sempre, o personagem também de diverte! No refrão, cheio de energia, ele se junta a Tati Zaqui, Bia Marques e ao elenco de “Funk de Pelúcia”, para transformar a tristeza em uma grande festa! Disponível nas plataformas digitais.

Quer saber se eu tava sofrendo? Eu tava!
Mas eu fiz isso balançando a minha raba
Cada lágrima caída, uma quicada.
Quer saber se eu tava sofrendo? Eu tava!
Mas eu fiz isso balançando a minha raba
Ainda bem que a make era a prova d’água

Você pode gosta

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações