Home Editorial “Somos Todos Alvos Aqui” traz para o debate violência policial e perspectivas sobre raça
“Somos Todos Alvos Aqui” traz para o debate violência policial e perspectivas sobre raça

“Somos Todos Alvos Aqui” traz para o debate violência policial e perspectivas sobre raça

por ZonaSuburbana

Para muitos, furadeira, guarda-chuva e até microfone são apenas objetos comuns. Para outros, eles são objetos que podem lhe tirar a vida. A força das fotografias de Rogério Vieira apresenta um Brasil que sobrevive e busca apenas viver. Elas fazem parte do ensaio fotográfico “Somos Todos Alvos” do FESTIVAL PHOTHOTHINGS que está com sua exposição fotográfica online.

Com a proposta de estimular a produção fotográfica nacional, 20 ensaios fotográficos foram selecionados pelo júri nacional e internacional. O FESTIVAL PHOTOTHINGS é dedicado aos artistas visuais que têm a fotografia como suporte para o seu trabalho. “Fiquei surpreso em ser um dos selecionados de 2021. Ter o meu projeto avaliado e escolhido por júri internacional é muito gratificante”, contou Rogério Vieira.

Embora a temática para participação fosse livre, o confinamento causado pela pandemia, o racismo e a desigualdade social foram os temas mais abordados. A exposição do FESTIVAL PHOTHOTHINGS está disponível no site www.photothings.com.br e na plataforma virtual do Metrô de São Paulo aqui.

Foi a partir das recomendações de sua mãe que Rogério se inspirou a fazer este ensaio. Há 30 anos que ela diz sempre as mesmas coisas quando o vê sair: Toma cuidado com a polícia, olha o que está acontecendo. Você vai sair, leva o documento e o holerite. Toma cuidado na rua!  Assim como a mãe de Rogério, são muitas as mães que alertam seus filhos ao saírem de suas casas diante a realidade estrutural que vivem.

Para a idealizadora do FESTIVAL, Marly Porto, o projeto amplia o espaço para fotógrafos que buscam a inserção neste mercado. “A análise dos trabalhos recebidos reflete as angústias e esperanças do momento atual e comprova nossa percepção sobre a ausência de espaços para acolher uma vasta produção artística nacional”, contou.

Além deste ensaio que nasce com a intenção em manter o debate sobre violência policial viva, a mostra virtual, concebida em parceria com a artista sonora Luisa Puterman, procurou fugir do modelo tradicional de reproduções das obras que lembram uma apresentação de PowerPoint, ou das visitas a exposições em 360 graus, que em tempos de confinamento, tornaram-se comuns.

Serviço:

Exposição Fotográfica – Festival PHOTOTHINGS
No site: http://photothings.com.br
Outras informações: https://linktr.ee/photothings

Você pode gosta

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações