Home Agenda Sarau das Pretas realiza agenda ‘Pretas em Marcha’ para novembro

Sarau das Pretas realiza agenda ‘Pretas em Marcha’ para novembro

por ZonaSuburbana

Intitulada Pretas em Marcha, a agenda de trabalho do Sarau das Pretas para este mês de novembro chega com diversas atividades que vão desde saraus e marchas até a Balada Literária, em São Paulo (SP).

Por ser itinerante e percorrer desde periferias a espaços bem estruturados, o Sarau das Pretas, que surgiu em março deste ano, neste mês atua em alusão à luta dos quilombolas, a Zumbi, líder do Quilombo de Palmares e a várias mulheres tão importantes quanto ele, porém invisibilizadas pela história, como Tereza de Benguela.

Assim, com uma programação diversa, o coletivo também exaltará as Realezas Negras, as mulheres de ontem, como a escritora moçambicana Noémia de Sousa, bem como as mulheres de hoje, como as jovens mulheres negras que estão se organizando em seus territórios.

“Estas mulheres, de ontem e de hoje, estão mostrando o poder e a potencialidade quando mulheres negras marcham juntas, por isso, estão todos convidados a marchar com o Sarau das Pretas neste novembro”, convida Débora Garcia, poeta do coletivo.

De acordo com ela, as ações que ocorrem ao longo do mês vêm também para evidenciar o protagonismo das mulheres negras nos diferentes espaços e territórios. No caso do coletivo, isso acontece por meio da mistura dos tambores, da ancestralidade e da poesia,

“Trata-se de um mês em que a comunidade negra tem a oportunidade pautar o debate em diversos espaços sociais e ressaltar as reais dimensões do racismo no Brasil, bem como a luta para romper as estilhas da escravidão. Por isso, vamos seguir em marcha, propondo discussões sobre a tão polêmica e controversa ‘consciência negra’, bem como sobre os atuais quilombos”, destaca Débora.

Sobre o Sarau das Pretas: Diante do cenário de empoderamento feminino pela garantia dos direitos das mulheres, jovens escritoras e artistas negras atuantes nas periferias da cidade de São Paulo têm revelado, por meio da literatura, da ancestralidade dos tambores e de seus corpos em movimento, as realidades de viver o feminino e o feminismo. O coletivo idealizado pela poetisa Débora Garcia é formado por Elizandra Souza, Jô Freitas Thayaneddy Alves e Taissol Ziggy.

Confira a agenda completa

09.11 | 9h30 | Festival do Livro e da Literatura de São Miguel
Intervenção artística do Sarau das Pretas na Marcha Mundial das Mulheres pelo Fim da Violência contra as Mulheres
Local: Praça do Forró
Endereço: Av. São Miguel, 9642, Vila Jacuí – São Miguel Paulista/SP
*Duração: 30 minutos         *Entrada: gratuita

13.11 | 14h30 | Festival Pé na África*
Local: Centro Cultural Rio Verde – Espaço Coreto
Endereço: Rua Belmiro Braga, 119 – Vila Madalena/SP
*Duração: 60’minutos          *Entrada: R$ 30,00

18.11 | 13h30 | A cultura Africana na construção da identidade brasileira – Encontro com as famílias do Cras Jundiapeba
Local: Praça da Juventude
Endereço: Rua Brigadeiro Newton Braga s/n, Jardim Amarais – Mogi das Cruzes/SP
*Duração: 1h30         *Entrada: gratuita

19.11 |  16h30 | Sarau das Pretas – SESC Consolação
Local: SESC Consolação – Área de convivência
Endereço: Rua Doutor Vila Nova, 245 – Vila Buarque/SP
*Duração: 2 horas        *Entrada: gratuita

20.11 | Marcha Zumbi dos Palmares
As integrantes participarão da tradicional marcha que ocorre anualmente na cidade de São Paulo

26.11| 16h30 | Um canto para Noémia de Sousa – Balada Literária 2016
Local: Biblioteca Alceu Amoroso Lima
Endereço: Rua Henrique Schaumann, 777 – Pinheiros/SP
*Duração: 1hora      *Entrada: gratuita

26/11| 20h | Sarau de Realezas: Mulheres Negras e o Poder
Local: SESC Campo Limpo
Endereço: Rua Nossa Sra do Bom Conselho, 120 – Vila Prel – Campo Limpo/SP
*Duração: 1h30        *Entrada: gratuita

 Serviço – Mais informações sobre os eventos podem ser obtidas no link: fb.me/saraudaspretasSP

Você pode gosta

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações