Home Discos Ros4 lança “Deyse Ex Machina”, um EP visual
Ros4 - Deyse Ex Machina

Ros4 lança “Deyse Ex Machina”, um EP visual

por RAPLongaVida

No dia 23 de julho, a artista, rapper e ativista Ros4 lança “Deyse Ex Machina, um EP visual de cinco faixas que unem artes visuais, performances e música. Com influências do boombap, trap e sonoridades afro-brasileiras, os beats são produzidos por Beats by Velhot, Bixurdia e Carrapixo. Partindo do princípio que arte é política, nesse seu segundo EP, Ros4 continua colocando o dedo em várias feridas e celebrando existências marginalizadas. O disco já está disponível nas plataformas digitais.

‘Deyse Ex Machina’ é sobre arte como ferramenta de decolonização, é sobre oralidade e a necessidade de se expressar em uma sociedade que tenta silenciar e desumanizar pessoas marginalizadas”, explica Ros4. É sobre celebrar o corpo, o gozo, a vida, a rima, o repente, as origens, sem desconsiderar as fronteiras entre a hipersexualização de corpos negros e trans, e a liberdade individual guiada pelo desejo”.

Brazilian Girl Underground Vibes” abre o EP celebrando a parceria de longa data entre Ros4 e o produtor Beats By Velhot e fala sobre afeto e desafeto, além da situação da artista no contexto pandêmico. Em seguida, “Submissa Só Na Cama”, também produzida por Beats By Velhot, aborda a autoestima e o processo de se reconectar. Com participação de Ísis Zavlyn, com Sierra Veloso como modelo e produção de Bixurdia, “Boneca de Negócios” traz o sentimento de travestis negras que são massacradas no Brasil. “Never Call a Wich Before Asking”, Sierra Veloso continua como modelo no vídeo.

Produzida por Carrapixo, é um salve à todas as pessoas que estão junto de Ros4 na caminhada. Fechando a obra, “Piranha Articulada”, também produzida por Bixurdia, fala sobre gozar a vida, sem se apagar no processo.

Você pode gosta

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações