Home NoticiasEstilo de Rua Rider reflete a busca por mais qualidade de vida e coletividade em campanha da coleção Hyperlocal
Rider reflete a busca por mais qualidade de vida e coletividade em campanha da coleção Hyperlocal

Rider reflete a busca por mais qualidade de vida e coletividade em campanha da coleção Hyperlocal

por ZonaSuburbana

Desacelerar a rotina e direcionar o olhar para estilos de vidas menos agitados foi um dos movimentos que muitas pessoas fizeram para atravessar os últimos anos, impulsionando o conceito de slow living. Essa transformação sociocultural também vem reformulando as relações de consumidores com seus ambientes locais, como o mercado ou a feira do bairro, e, portanto, a forma das marcas se conectarem com o público. Prova disso, é a campanha da Rider para sua nova coleção, Hyperlocal. Inspirada pelas “cores locais” dessas novas perspectivas de estruturar a rotina, a marca apresenta os modelos enquanto conecta figuras que unem suas comunidades.

Como protagonistas da campanha, que é focada em estratégias digitais, a marca trouxe Thallita Flor — chef do primeiro buffet 100% vegetal do Rio de Janeiro que se define como “negra, favelada e antiespecista” — e Roger Mancha — skatista e técnico da equipe que trouxe para o Brasil duas medalhas nas Olimpíadas de Tóquio. Juntos, eles estrelam as fotos da campanha e personificam os conceitos com os quais Hyperlocal dialoga, como o senso de coletividade e iniciativas que dão novos contornos a realidades locais, ao dividir com a marca a própria relação com suas comunidades.

A desmistificação de uma alimentação consciente como algo inacessível, por exemplo, é um dos fios condutores da trajetória de Thallita, que além de chef é atriz. Moradora de uma comunidade no bairro Fonseca, em Niterói, no Rio de Janeiro, foi por meio do empenho em não consumir ingredientes de origem animal que ela encontrou não só uma de suas funções profissionais, mas também uma ferramenta de transformação social ao levantar reflexões sobre especismo e racismo ambiental, por exemplo. 

A coletividade também costura a história do skate e do paulistano Roger Mancha, um dos principais nomes do esporte na cena nacional. Foi esse olhar de coletividade, inclusive, que ele levou para a equipe olímpica, impulsionando a conquista das medalhas do time brasileiro na categoria street. Além da prática esportiva, foi na alimentação que Mancha encontrou mais um caminho para o bem estar e hoje leva um estilo de vida mais consciente.

“Convidamos pessoas que naturalmente sintetizam os valores e a essência da Rider e que também ressaltam as singularidades deste projeto. Cada um se conecta com diferentes localidades de maneiras muito diferentes, porque isso se dá de forma autêntica. Nós conectamos a Rider com movimentos culturais através de uma rede composta por pessoas, ideias e atitudes”, explica Alexandre Reis Ferreira, Gerente de Marca e Comunicação, sobre a ação. 

Nos modelos lançados pela Rider, todas as inspirações que são simbolizadas pelos protagonistas e conectores se materializam na cartela de cores  dos calçados. Tonalidades que permeiam as hortas e feiras Brasil a fora ganham os consagrados desenhos das papetes e slides da marca nas sandálias RX, R Next, RX Papete Pró, RX Slide, R Next Slide e NX slide. Os preços variam entre R$149,99 e R$229,99 e já estão disponíveis na loja oficial (rider.com.br). 

Você pode gosta

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações