Home Noticias Ramonzin foi indicado ao LAMV – Los Angeles International Music Video festival 2020, na categoria “Best Brazilian Music Vídeo”, com clipe de “vivência”
Ramonzine ft. BK’ - Vivência

Ramonzin foi indicado ao LAMV – Los Angeles International Music Video festival 2020, na categoria “Best Brazilian Music Vídeo”, com clipe de “vivência”

por Joaozinhocwbeats

Apresentado em agosto, “Vivência” novo single colaborativo de Ramonzin e BK, chegou acompanhado de um clipe autobiográfico, inspirado na vida dos dois artistas. Contando com a direção de Isabelle Lopes, o vídeo acaba de ser indicado na premiação LAMV – Los Angeles International Music Video Festival 2020, na categoria Best Brazilian Music Vídeo.

O vídeo de “Vivência” reflete sobre experiências cotidianas, lutas, objetivos, a perseverança na arte para um mundo melhor e todo o contraste da sociedade brasileira, assista abaixo.

Quando recebi a notícia da indicação (LAMV 2020) vibrei demais. É muito gratificante ter o nosso trabalho reconhecido e alcançando novos espaços, principalmente nesse ano de 2020, no qual o mercado audiovisual está sendo desafiado a se reinventar. Concorrer ao prêmio já é uma vitória, mas ‘Vivência’ ter sido indicado tem um sentimento de realização a mais. Ele foi feito remotamente durante a quarentena, com cada artista em sua casa, sem os recursos e equipe de um set normal, mas também pela mensagem necessária que o clipe passa. O discurso social, contado a partir da história de vida do Ramonzin e BK, mostra a realidade e a luta do povo brasileiro e os contrastes da nossa sociedade. Eu acredito muito que temos que usar a nossa arte para expressar não só a nossa verdade, mas também passar uma mensagem relevante para as pessoas. E acho que ‘Vivência’ cumpre bem esse papel. Foi uma honra para mim ter feito parte e ter contato essa história”, disse Isabelle.

Ramonzin também falou sobre a indicação: “‘Vivência’ é um clipe que carrega em si a força da palavra e a potência das batidas de forma genuína e verdadeira.  A diretora Isabelle Lopes traduziu bem o que eu queria dizer, de forma direta e objetiva. O momento de isolamento foi importante para revermos a simplicidade nas coisas que fazemos. Minhas letras são sobre aquilo que vivo e sinto. É a capacidade de fazer as pessoas se identificarem com minhas e com as histórias do BK, pela sua honestidade poética e o cotidiano comum entre nós”.

Presença frequente desde 1999 nas rodas de freestyle do hip-hop carioca, Ramonzin se tornou parte fundamental da história do rap do Rio de Janeiro e é hoje um dos maiores nomes da cena alternativa da cidade. Em 2010, lançou-se a carreira solo com o hit “Se ela soubesse…”, que teve grande repercussão no Brasil, além de ter acumulado milhões de plays. Em 2019, o rapper fez uma turnê pela Europa, onde se apresentou em alguns festivais de música em cidades como Lisboa, Paris, Amsterdam e Berlim. Em breve, Ramonzin lança o álbum “Arteiro”, pela Universal Music.

Você pode gosta

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações