Home Entrevistas Quem é Enóq? Rapper sofre de uma doença rara “Ataxia Cerebelar”
Quem é Enóq? Rapper sofre de uma doença rara “Ataxia Cerebelar”

Quem é Enóq? Rapper sofre de uma doença rara “Ataxia Cerebelar”

por @felizrappy

ZonaSuburbana entrevistou ENÓQ, que abriu seu intimidade para falar sobre sua vida pessoal e sua história no rap.

Mauro Henryque Cassiano vulgo ENÓQ, sofre de uma doença raríssima e hereditária chamada Ataxia Cerebelar, uma doença degenerativa que afeta diretamente o cerebelo, a parte do sistema nervoso responsável pela coordenação e equilíbrio.

Mauro Henryque Cassiano

Saiba mais, rapper Enóq cria Vakinha para tratar doença rara com Células Tronco.

  • Quem é Mauro Henryque Cassiano vulgo Enóq?
    Mauro é um moleque de energia positiva que chora em momentos felizes e sorri em momentos difíceis, que ajuda sempre que pode que é educado e aprendeu desde muito novo que a vida é difícil mesmo, não é doce, o ENÓQ que é o alter ego do Mauro já é mais agressivo, já é aquele que não foge do atrito e é aquele guarda todas as lembranças boas e ruins e põe pra fora, nem o Mauro conhece completamente o Enóq mas o Enóq conhece o Mauro perfeitamente.
  • História no rap e suas referências no Hip Hop?
    Comecei a fazer rap em meados de 2013 com meu parceiro Lil Max nós estudávamos na mesma escola e na mesma classe, estávamos ainda nos descobrindo e o rap apareceu na nossa vida e ficou até hoje não largamos mais. Tenho muita referência de vários estilos e gerações não só no rap, Cartola, Renato Russo, Raul Seixas, Filipe Ret, Dalsin, Trippie Redd, Yung Lean, Pateta Código 43, Lil Max, xxxtentacion, Pop Smoke, Juice Wrld, Família Iml, Joji entre varios outros.
Lil Max ao fundo, Eder e Hygor no Colégio Williw Davids

O que é Ataxia Cerebelar e como ela surgiu na sua vida?
É um assunto um pouco delicado pra mim ainda falar disso porquê ainda é um trauma sabe? Quem viveu dentro de casa sabe como é, mas expor isso tem me ajudado a superar, lembro que quando era muito pequeno meu vô ja tinha, já estava acamado conheci a doença a partir daí, depois vi acontecer com minha mãe também pois era muito novo via ela cair as vezes quando ia me levar pra algum lugar junto com ela e assim começa, imagina um dia você sentir dificuldade do simples ato de movimentar sua perna, pular, escrever e se alimentar com talheres e com o passar do tempo isso se tornar uma dificuldade a ponto de você precisar que pessoas façam coisas que antes eram extremamente fáceis e normais pra você!?

E essa doença você ja nasce com ela mais com todos familiares meus começaram a sentir essas dificuldades e apresentar os sintomas depois dos 20 anos, no estado terminal você já não consegue fazer basicamente nada só os olhos ficam abertos e você completamente debilitado o máximo que consegue mover é o olhar e a boca.

Ataxia Cerebelar é uma doença hereditária e infelizmente levou seu Avô Emanuel, sua Mãe Regina, uma Tia Juliana e deixou outra Tia Marcia acamada, em estado terminal. Os sintomas podem afetar os movimentos do corpo da seguinte forma;

  • Perda de equilíbrio, podendo ocorrer quedas frequentes;
  • Dificuldade de pegar objetos e abotoar roupas;
  • Movimentos irregulares dos olhos;
  • Dificuldade para engolir;
  • Dificuldade para escrever;
  • Tremores excessivos;
  • Fala embolada ou arrastada.
  • Fale mais sobre essa doença e como você abordou seu sofrimento nas músicas?
    Eu descobri essa doença aos poucos também mais um momento que fui perceber realmente foi no futebol que tinha na quadrinha do Farid, sempre joguei bem já ganhei muitos prêmios em campeonatos de futebol já fui artilheiro de campeonatos da cidade, lá na quadra do Farid eu comecei a perceber que não estava normal meus movimentos minha coordenação, desde então fomos observando até ir ao médico e ter esse diagnóstico, a música vem servindo de terapia e melhor amiga durante esse tempo e nela eu realmente abro meu coração e meu espírito e deixo meu guardião me guiar e esse guardião eu dei o nome de Enóq também todas dores amores ódio sofrimento quem expõe é o Enóq porque o mauro nunca sabe muito bem o que falar.

Em 2015 Enóq começou a gravas suas primeiras tracks, junto com Ablunt e Lil Max formaram o grupo “MenteVagabunda”, desde então ele começou escrever mensagens subliminares sobre a doença e como ela afetou seu dia a dia, segue abaixo alguns versos destacados juntamente com as músicas, vale a pena conferir e sentir a emoção nas linhas.

MenteVagabunda Part. Além – Estamos vivos 2015
“Com um pai presente mais uma mãe doente”
ENÓQ – Confessionário (Prod.The Rari)
“Em meus passos
Me despeço e desfaço desses laços.”
ENÓQ – Do Nada Part Lil Max, ABlunt (Prod.The Rari)
“Talvez esse não seja meu oficio a foice recindiu meu contrato vitalício.”
ENÓQ – Certo!? Feat Madosh (Prod.The Rari
“Meu sonho é pra que irmãos voltem a sonhar, minha caminhada é pra que a tia volte a caminhar”
ENÓQ – ; [Full Álbum Completo]Faixa 10 Ataxia
Quando nossa casa era UTI tio, fala pa tu esses bico sumiu tudo
Viver a imensidão é aprender a viver por um fio
Só consigo respirar, quando me aprofundo.

Recentemente o rapper Enóq divulgou o videoclipe do single “Superficial”, com produção da equipe DreamAlive.

  • Quais seus objetivos a partir de agora no rap e seus sonhos?
    Quero deixar legado para as pessoas, quando o ponto de partida é um beco sem saída ainda existe solução, das ruas que nos vem nos muros do beco sempre tem furos de tiro que alguém levou antes de nós, na analogia que faço quem levou esses tiros foram familiares vítimas dessa doença que se foram mais o buraco de tiro no beco ficou lá e vocês estão me ajudando a aumentar a brecha pra que eu passe e me liberte do lugar que estou hoje.
  • Como foi pra você lidar com a doença e expor sua vivencia na internet?
    Foi difícil irmão porque como disse é um trauma e um trauma você ameniza fazendo terapia, mas minha terapia está sendo ver as pessoas me desejando coisas boas e mostrar que estão juntas comigo, e a música é claro também irmão vem sendo essencial durante todo esse processo.
  • Fale sobre a Vakinha e como foi se sentir abraçado pelos seus amigos e membros do rap de Londrina?
    As vezes nós do underground reclama bastante da cena ser desunida mas meu ponto de vista sobre isso mudou quando tive que passar por esse momento até pessoas que tinha conflitos de ideia vieram até a mim me ajudar, se for uma coisa ruim que está acontecendo comigo incentive pessoas a se unirem em pró do bem AMÉM irmão, amém, isso fica de exemplo pra todos que quando nos se une em pró de algo do bem nós temos uma grande força.

Vamos ajudar o ENÓQ aplicar as células tronco!?
Colabore: Vakinha para tratar doença rara com Células Tronco
Pix: 43996211142
Nome: Amarildo Cassiano

  • Deixe uma mensagem de carinho para todos que estão te acompanhando e torcendo pra sua saúde.
    Só tenho a agradecer a todos que estão ajudando, seja em oração, seja em verba, seja em qualquer coisa positiva direcionada a mim. A forma que consigo retribuir o carinho é com música e irei soltar muitas coisas ainda e vou pular igual um louco nos shows que vierem certo?!
    Gostaria também de mencionar meu pai Amarildo e minha vozinha Marilde, que estão na luta desde sempre, ajudando minha Tia Marcia, minha Mãe Regina, com minha outra Tia e meu Avô Emanuel.

Entenderam porque sou 888? Se inimigos conseguirem me deitar eu me torno infinito!”.

 Para saber mais sobre a história do ENÓQ você pode acessar o Instagram @_enoq888.
Toda equipe do ZonaSuburbana deseja muita luz na sua vida e para todas as pessoas que estão ao seu redor, muita saúde e uma ótima recuperação.

Deixe sua mensagem de carinho para o Mauro nos comentários.

Você pode gosta

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações