Home Entrevistas Produtora cultural baiana Stéfane Souto lança o podcast “É Tudo Quilombo?”
Produtora cultural baiana Stéfane Souto lança o podcast É Tudo Quilombo

Produtora cultural baiana Stéfane Souto lança o podcast “É Tudo Quilombo?”

por ZonaSuburbana

Nesta segunda-feira, 7 de março de 2022 estreia o podcast “É tudo quilombo?”, um podcast de formato híbrido sobre cultura e aquilombamentos contemporâneos, idealizado e produzido pela pesquisadora, produtora e gestora cultural Stéfane Souto.

O projeto tem o objetivo de inserir no centro do debate a cultura como território de recriação do aquilombamento nos dias atuais. Através de entrevistas, resenhas e da partilha de ideias de nomes importantes do pensamento negro brasileiro, o podcast procura compreender como o universo da cultura e das artes pode ser apropriado como um território onde é possível se aquilombar e promover transformações a partir da reinvenção desses espaços simbólicos de potência.

Para Stéfane Souto, pensar a expressão do aquilombamento hoje no campo artístico e cultural é, para além de pensar um espaço de acolhimento e fortalecimento, projetar também a criação de futuros possíveis. Isto é, ir além da resistência e sobrevivência em meio às contingências do racismo na experiência de vida de pessoas negras para construir novas possibilidades de existência, mais justas e igualitárias.

Segundo a idealizadora e também apresentadora do projeto “O nome do podcast, É tudo quilombo?, coloca desde já uma pergunta para deixar evidente que não há um compromisso com a elaboração de respostas definitivas. A intenção aqui é levantar questões que estimulem o diálogo e a construção coletiva”.

O podcast tem estreia nas plataformas Spotify e Youtube, onde o público surdo poderá acompanhar os episódios através de vídeos legendados. Logo de início, serão disponibilizados três episódios com a proposta de realizar um percurso narrativo entre o passado, o presente e o futuro do aquilombamento em uma perspectiva cultural.

É tudo Quilombo?” tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura (Prêmio Cultura na Palma da Mão/PABB) via Lei Aldir Blanc, redirecionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Você pode gosta

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações