Home DiscosAlbum Inquérito lança seu oitavo disco, “i(SOL)amento”
Inquérito - Isolamento

Inquérito lança seu oitavo disco, “i(SOL)amento”

por ZonaSuburbana

A gente precisou usar máscara pra se olhar no olho. Tudo começou no finalzinho do verão, faz tanto tempo que sei lá, bagunçou as estações”. São com essas palavras, declamadas na voz doce de uma criança, que somos convidados a refletir já na abertura do novo disco lançado em todas as plataformas de streaming nesta terça-feira 22 de setembro, marcando o início da “Primavera Pandemia”.

Intitulado “i(SOL)amento”,  o 8º álbum da carreira do Inquérito – fruto de mais de 20 anos de relacionamento com o RAP – traz nove faixas, resultados das experiências que o rapper tem vivenciado desde o começo da quarentena, além de sentimentos, pensamentos e questionamentos – uma realidade que tem sido o atual cenário para todos nós diante deste “Pandemônio”. 

Assim como quem passa de uma estação pra outra em um aparelho de rádio, as composições do disco também imprimem essa sensação, de passagem temporal, em que Renan constrói uma linha que costura as quatros estações do ano e as nove faixas do álbum. Duas delas, “Amor é Caus(A)” e “Saudade do Futuro”, já foram lançadas como singles e possuem videoclipes que podem ser conferidos no canal do YouTube do artista.

Depois de um tempo, parece que algumas atividades, tarefas, sei lá, acabam por entrar no piloto automático e com esse tal de corona, tudo mudou. Tivemos que parar, desacelerar e olhar ao nosso redor com outros olhos, pois a Vida Vale Ouro”, entende?”.

Se ‘depois da tempestade vem a bonança’, depois da pandemia vem a primavera, o florescer, o sol. E é disso que trata a faixa que dá nome ao disco. “Eu falo que a música “i(SOL)amento”, assim como o álbum, é um experimento por qual todos nós passamos, tentando acreditar num resultado positivo no final. Eu tive que conviver mais comigo mesmo, sem contato físico com outras pessoas, pra descobrir e aprender diferentes coisas durante a pandemia. Nessa última faixa, Renan empresta sua música a outras vozes, para que elas falem sobre esse período onde o ódio se viraliza e o amor se quarentena” contando o que o isolamento social provocou de transformação em suas vidas. Foram centenas de depoimentos em uma campanha promovida pelo artista, que recebeu áudios com histórias e aprendizados do Brasil e do exterior. 

I(SOL)amento” talvez seja um disco de introspecção, que nos convida a visitar nossa solidão e ouvir os seus lamentos, foi isso que o rapper fez nesse período, numa curaDORia de si mesmo. A sensação de ouvir o álbum todo é como a de escutar Renan pensando em voz alta sobre coisas e sentimentos que estão dentro dele e que ele faz amanhecer. Dentro do isolamento e dos lamentos do rapper existe um sol que entra pelas frestas da janela e faz brotar a primavera. 

Você pode gosta

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações