Home Agenda Festival Rumpilezz traz programação online e gratuita de 06 a 11 de julho, com shows, laboratórios, oficina, concerto instalação, playlist e webdocumentários
Festival Rumpilezz traz programação online e gratuita de 06 a 11 de julho, com shows, laboratórios, oficina, concerto instalação, playlist e webdocumentários

Festival Rumpilezz traz programação online e gratuita de 06 a 11 de julho, com shows, laboratórios, oficina, concerto instalação, playlist e webdocumentários

por ZonaSuburbana

Toda música brasileira é afro-brasileira. Reafirmando essa premissa, o Festival Rumpilezz – Música e Pensamento retorna com a sua 1ª edição nos dias 06 a 11 de julho, com programação gratuita e transmissão no YouTube da Rumpilezz, reunindo, entre outros nomes, Larissa Luz, Baco Exu do Blues, Lazzo Matumbi, Márcia Short, Mou Brasil e artistas internacionais “sob a batuta” do maestro Letieres Leite, idealizador do evento. O objetivo é difundir o Método de ensino musical UPB (Universo Percussivo Baiano), criado pelo maestro, e destacar o legado dos ritmos de matriz africana na constituição da música brasileira.

Promovido pelo Instituto Rumpilezz (formado pela Orkestra Rumpilezz, o programa educativo Rumpilezzinho – Laboratório Musical de Jovens e o Letieres Leite Quinteto), o Festival traz, à luz, os ritmos africanos que cruzaram o Oceano Atlântico sem perderem a sua essência e que, ainda hoje, seguem cadenciando a música popular brasileira. E, para além da música, a proposta do Festival é também ecoar a contribuição histórica das populações negras, nas diásporas africanas, na formação da cultura nas Américas.

A programação traz um Laboratório Experimental com Larissa Luz e outro com Baco Exu do Blues, que entoam canções próprias, repaginadas por um grupo de jovens formados pelo Programa Rumpilezzinho. “Esse Laboratório é uma experiência prática de tudo que os alunos vieram aprendendo, nos últimos anos, no Laboratório de Formação para Jovens baseado no Método UPB. Todo o processo criativo foi pensado e elaborado por eles: a concepção do arranjo, a percepção da estrutura rítmica, a ligação da música com sua ancestralidade e com os novos movimentos tecnológicos, até a mixagem e finalização de áudio”, destaca Letieres Leite, que assina a direção artística. Os videoclipes com as canções “Cante pra Chamar”, de Larissa, e “Oração à Vitória”, com Baco, serão apresentados ao público, respectivamente, nos dias 08 e 09 de julho, às 20h.

Já os cantores Lazzo Matumbi e Márcia Short são os convidados da Orkestra Rumpilezz em um show gravado e com transmissão no YouTube da Rumpilezz dia 11, às 21h. Mais cedo, às 20h, quem se apresenta é o Letieres Leite Quinteto com a participação do guitarrista e compositor Mou Brasil, referência de música instrumental autoral, jazz e afro.

O Festival também traz um Concerto Instalação ao vivo, no dia 10, às 20h, com a participação de Letieres Leite, artistas baianos e internacionais. “É um encontro de músicos de diversas tendências, gêneros, estilos e culturas, mas com um ponto em comum: trabalham com a música contemporânea desconstruída; a música espontânea e instantânea. Cada um vai propor uma textura, uma direção e não estaremos preocupados com problemas de delay e defasagem que acontece nas trocas musicais na internet. Ao contrário, vamos usar isso como motivo de observação e de estímulo para a criação coletiva”, explica o maestro e educador. Entre os convidados já confirmados, o artista sonoro e guitarrista baiano Junix, que já colaborou com nomes como BaianaSystem, Arto Lindsay, Carlinhos Brown, Lucas Santtana e Cirque du Soleil; o produtor e DJ húngaro, Szabolcs Bognár; e o jazzista da Hungria, Hock Ernő. A produção do Concerto Instalação é do artista sonoro, pesquisador e produtor cultural Edbrass, coordenador do Low Fi – Processos Criativos.

A programação completa conta com duas Oficinas UPB Petrobras, sobre a aplicação do Método UPB, ministradas por Letieres Leite nos dias 06 e 07, das 14h às 17h, aberta a todos os públicos (transmissão via YouTube e sem limite de participantes). Também será criada uma playlist oficial, reunindo artistas de diversas nacionalidades e estilos musicais. E ainda a websérie OMOYA, dirigida por Urânia Munzanzu, com quatro episódios, abordando temas como o racismo na Axé Music, machismo e misoginia na música, além do próprio Método UPB de ensino e aprendizagem musical.

O Festival Rumpilezz – Música e Pensamento conta com patrocínio da Petrobras, por meio do Programa Petrobras Cultural, a partir da Lei Federal de Incentivo à Cultura, Ministério do Turismo, Governo Federal. Em sua primeira etapa, realizada em dezembro do ano passado, o Festival contou com dois webnários, reunindo pesquisadores baianos, da Nigéria e de Cuba, e uma oficina formativa de aplicação do Método UPB. Entre os participantes, a Professora Dra. Denise Carrascosa, a Professora Anne Rodrigues, o historiador, músico e educador Fabricio Mota, e a pesquisadora, percussionista e diretora da Banda e Projeto Social Didá, Víviam Caroline.

O Método UPB

Concebido por Letieres Leite, fruto de mais de 30 anos de estudos e pesquisas sobre as organizações metodológicas das matrizes africanas, o Método UPB se propõe a ensinar a música popular brasileira a partir da consciência de um conceito estrutural ligado às suas raízes negras. O maestro e educador sistematizou ferramentas de ensino tendo, como base e diretriz, o legado musical constituído pelas populações negras nas diásporas africanas.

A proposta é estudar a música popular de todos os gêneros, do choro, samba e baião, com um aprofundamento nas questões rítmicas. E uma das maneiras muito seguras é nos apoderarmos das ferramentas e formas de como essa música é praticada na sua origem, dentro do terreiro, nas ruas, nos blocos; trazer essa tecnologia e metodologia para dentro dos lugares de estudo. Porque a música de cultura africana têm um rigor científico sim, só que dentro de outras normas”, explica Letieres.

Serviço:

Festival Rumpilezz – Música e Pensamento 2021

06 a 11 de julho

Gratuito

Programação:

  • Oficina UPB Petrobras I Como identificar fundamentos rítmicos para execução musical?: dia 06 de julho, das 14h às 17h
  • Oficina UPB Petrobras II – Como pensar arranjo e composição a partir dos fundamentos rítmicos?: dia 07 de julho, das 14h às 17h
    • Ministrante: Letieres Leite
    • Aberta ao público
  • Lançamento do clipe “Cante pra Chamar”, do Laboratório experimental Rumpilezzinho com Larissa Luz: dia 08 de julho, às 20h
  • Lançamento do clipe “Oração à Vitória”, do Laboratório experimental Rumpilezzinho com Baco Exu do Blues: dia 09 de julho, às 20h
  • Concerto Instalação: Letieres Leite, Junix, Szabolcs Bognár (Hungria) e Hock Ernő (Hungria), com produção de Edbrass – dia 10 de julho, às 20h
  • Show Letieres Leite Quinteto convida Mou Brasil: dia 11 de julho, às 20h
  • Show Orkestra Rumpilezz convida Lazzo Matumbi e Márcia Short: dia 11 de julho, às 21h
  • Websérie:
    • Episódio 01: “Clementina – Nosso passos vêm de longe” (O machismo e a misoginia na música): dia 06 de julho
    • Episódio 02: “Eunice – Racismo x Axé Music”: dia 07 de julho
    • Episódio 03:Amina – UPB – a Escola, o Método e o Legado”: dia 08 de julho
    • Episódio 04:Zenzile – Perspectivas e Caminhos de futuro” (Orquestra Rumpilezzinho): dia 09 de julho

Transmissão: Youtube da Rumpilezz (https://www.youtube.com/c/Rumpilezz)

Você pode gosta

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações