Home Agenda Festival IMuNe 2020 culmina com uma super live dia 26 de setembro com Djonga e Elza Soares na programação
Festival IMuNe 2020 culmina com uma super live dia 26 de setembro com Djonga e Elza Soares na programação

Festival IMuNe 2020 culmina com uma super live dia 26 de setembro com Djonga e Elza Soares na programação

por ZonaSuburbana

Elaborado por um coletivo homônimo que milita pelo protagonismo de pessoas negras na música, o evento é parte de uma plataforma que fomenta e amplifica carreiras pretas.

Vidas Negras Importam. Quem não ouviu essa frase em 2020? Num ano em que o protagonismo de pessoas negras na sociedade é amplamente discutido, o coletivo IMuNe realiza a segunda edição do festival de mesmo nome. Neste sábado, 26 de setembro, o Festival IMuNe se encerra com um espetáculo afroapocalíptico e inédito. Esta grande live de encerramento conta com shows da deusa preta homenageada Elza Soares e Flávio Renegado, IMuNe, Meninos de Minas, MC Dellacroix, Favelinha Dance e o rapper Djonga como o griot que conduzirá a noite.

O espetáculo-live “Imune Experience” é a celebração da luta pela vida, vidas negras. Djonga interpreta Kalunga, o Griot que é o próprio tempo e no tempo viaja narrando a diáspora negra. O narrador percebe que o mundo vem acabando a cada pessoa negra morta violentamente. Griot é um termo Iorubá (uma das maiores etnias do continente africano), que significa um contador de histórias, um narrador cênico. Djonga será o ator que conduzirá a noite com a performance desse personagem afroapocalíptico.

Concebido como um festival itinerante de música negra, o IMuNe é o único no Brasil com essas características. Em 2020 vem em novo formato: um híbrido de virtual e físico. “Imune Experience” é uma experiência artística e questionadora que traz a profusão da música e do teatro em grande live exibida através do Youtube do coletivo IMuNe e projetada em empenas de Belo Horizonte: no Centro e no Aglomerado da Serra. A escolha dos locais foi estratégica para que os moradores consigam assistir de suas janelas, ampliando para mais pessoas essa experiência.

Como reiniciar a experiência negra em solo inimigo? Se imunizando das pragas do apagamento histórico. Contando as histórias que foram afogadas no mar, cantando as canções castigadas sem ar. Os shows que compõem o espetáculo-live representam a saga do contador de histórias. Meninos de Minas é o encontro com a ancestralidade. Favelinha Dance ensina a cura pela diversão. MC Dellacroix traz as infinitas possibilidades de existência. Renegado – convidado de Elza – traz a onda negra contemporânea. E ela, a mulher do fim do mundo e do agora, grande homenageada e madrinha do Festival – Elza Soares – é a presença de Deus. Paz boa é paz preta!

Essa experiência será realizada no Centro Cultural Lá da Favelinha, na Vila Santana do Cafezal – Aglomerado da Serra, um grande bairro-favela da região centro-sul de Belo Horizonte. Ali, os artistas estarão reunidos com todos os cuidados e seguindo as normas e recomendações dos órgãos de saúde.

O IMuNe Experience tem a direção de Lucas Costa, dramaturgia de Marcos Fábio de Faria, argumento de Bia Nogueira, figurino e arte por Daiana Arcanjo e Carina Fonseca e inspiração oriunda da Teoria Afroapocalíptica criada pelo multiartista Rodrigo Jerônimo.

 “Imune Experience” será o encerramento do Festival IMuNe 2020, mas não da plataforma de ações IMuNe, que segue lançando videoclipes até novembro.

Serviço Festival IMuNe 2020:

IMuNe Experience:
Data: 26/09/2020
Horário: 20h

Locais:
Transmissão/ Youtube do IMuNe
https://www.youtube.com/IMuNeoficial

Você pode gosta

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações