Home Editorial Emicida, Teresa Cristina, Pretinho da Serrinha, Criolo, e outros artistas juntos na série “Os Ímpares”
Emicida, Teresa Cristina, Pretinho da Serrinha, Criolo, e outros artistas juntos em série, no Curta!

Emicida, Teresa Cristina, Pretinho da Serrinha, Criolo, e outros artistas juntos na série “Os Ímpares”

por RAPLongaVida

De volta ao Curta!: “Os Ímpares” reúne Emicida, Pretinho da Serrinha, Teresa Cristina, Criolo, entre outros artistas.

A série “Os Ímpares”, que relembra canções de álbuns raros de artistas de diferentes gêneros da música brasileira, está de volta à programação do Curta! durantes os meses de maio, junho e no início de julho de 2021. Ao longo de 10 episódios, discos de alguns dos principais cantores das décadas de 1960 e 1970, que foram desencorajados pela indústria fonográfica da época, ganham releituras inéditas e exclusivas por grandes nomes contemporâneos da cena musical.

Criolo, a banda Nação Zumbi, BNegão e Teresa Cristina são alguns dos que reinterpretam artistas como Jards Macalé, Marku Ribas, Walter Franco e Ronnie Von. A cada programa, o processo de criação e o resultado dos encontros musicais realizados no estúdio Maravilha 8, no Rio de Janeiro. No primeiro episódio, Emicida e Pretinho da Serrinha endossam, cada um em seu estilo, os ingredientes da identidade brasileira das músicas “Kilariô” e “A vida em seus métodos diz calma”, respectivamente, do primeiro disco do cantor e compositor Di Melo, gravado em 1975.

Com direção de Henrique Alqualo e Isis Mello, com direção musical de Berna Ceppas, produção musical de Felipe Pinaud e realização da Lunar Multimídia e da Moa Filmes, a série “Os Ímpares” foi viabilizada pelo Curta! através do Fundo Setorial do Audiovisual. Os episódios vão ao ar na Segunda da Música, às 21h, e em horários alternativos ao longo do restante da semana.

Confira a sinopse dos episódios de maio:

Segunda da Música – 03/05

21h – “Os Ímpares: Di Melo – Emicida e Pretinho” Emicida cria sua versão para a música “Kilariô”, faixa do disco epônimo de Di Melo, lançado em 1975. Já Pretinho da Serrinha transforma em samba “A vida em seus métodos diz calma”, com a participação do próprio Di Melo. Ele conta as histórias do disco para Emicida e Pretinho Diretores: Henrique Alqualo e Isis Mello Diretor: Henrique Alqualo e Isis Mello Duração: 27 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 04 de maio, terça-feira, às 01h e às 15h; 05 de maio, quarta-feira, às 9h; 09 de maio, domingo, às 13h45.

Segunda da Música – 17/05

21h – “Os Ímpares: Alice Caymmi e Anelis”
A filha de Itamar Assumpção, Anelis Assumpção, foi a artista escolhida para fazer sua versão de “Fico Louco”, do álbum “Beleléu Leléu Eu”. Alice Caymmi também é convidada do programa e faz sua versão de Nega Música. Paulo Barnabé e Suzana Salles contam detalhes da personalidade do artista e da gravação do disco. Diretor: Henrique Alqualo e Isis Mello Duração: 27 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 18 de maio, terça-feira, às 01h e às 15h; 19 de maio, quarta-feira, às 9h.

Segunda da Música – 24/05

21h – “Os Ímpares: Ronnie Von – Opala e Dônica”
Neste episódio, o álbum escolhido foi “A misteriosa luta do reino de para sempre contra o império de nunca mais”, um dos álbuns da fase psicodélica do artista Ronnie Von. As releituras ficaram a cargo das bandas Opala, que regravou Rose Ann, e da banda Dônica, que fez uma versão de “Pare de sonhar com estrelas distantes”. Ronnie Von conta suas lembranças da época e o compositor Luiz Vagner visita o estúdio durante a gravação do Dônica. Diretor: Henrique Alqualo e Isis Mello Duração: 27 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 25 de maio, terça-feira, às 15h; 26 de maio, quarta-feira, às 9h.

Segunda da Música – 31/05

21h – “Os Ímpares: Pedro Santos – Baiana System e Domênico Lancellotti”
Neste episódio, a banda Baiana System faz a releitura da música “Desengano da Visita” do álbum “Krishnanda”, de Pedro Santos. Domenico Lancellotti também é convidado e faz sua versão para “Ritual Negro”. Sebastião Tapajós, que tocou no disco, relembra o amigo Pedro e o processo de composição e gravação do álbum. Diretor: Henrique Alqualo e Isis Mello Duração: 27 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 01 de junho, terça-feira, às 01h e às 15h; 02 de junho, quarta-feira, às 9h.

O grupo Curta! tem como missão a difusão de conteúdos audiovisuais relevantes nas áreas de artes e humanidades, sejam brasileiros ou estrangeiros, através da TV linear (canal CURTA!), de plataformas de streaming de operadoras de telecom e da internet. A curadoria de conteúdos é, portanto, o motor central do grupo e foi uma das que mais aprovaram projetos originais para financiamento da produção pelo Fundo Setorial do Audiovisual: já foram mais de 120 longas documentais e 800 episódios de 60 séries que chegam ao público em primeira mão através de suas janelas de exibição.

Você pode gosta

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações