Home EditorialDinossaurosRAP Disco Rap: “Todos São Manos” do RZO

Disco Rap: “Todos São Manos” do RZO

por Jefferson Ferreira

Muitos acreditam que o álbum “Todos São Manos” seja o primeiro do RZO, mas na verdade é o quarto álbum do grupo de Pirituba, sucedendo o “Vida Brasileira” de 1993, o single duplo “Pirituba/O Trem”, de 1996 e a “mixtape” de 1997, intitulada “RZO”, que reunia todos esses trabalhos anteriores. O fato é que é o disco “Todos São Manos” foi a obra que firmou o grupo como um dos maiores do cenário brasileiro, que já havia ganhando grande destaque com as músicas “Pirituba” e “O Trem”.

Todos São Manos” foi gravado em parceria com o selo Cosa Nostra Fonográfica, dos Racionais MC’s e lançado em 1999. Formado por Sandrão, Helião e o DJ Negro Rico o álbum teve diversas participações especiais, como de Thaide, na faixa “Nossa Cara”, GOG e Posse Mente Zulu em “Assim que se Fala” e Edi Rock e Cartel Z/O em “A Lei”.

Com 16 faixas, o disco trouxe clássicos do rap nacional, como a música “O Trem”, com sample de “Memory Band” da banda de soul psicodélico Rotary Connection e música “Pirituba”, que anos mais tarde ganharia a segunda parte no álbum “Evolução É Uma Coisa”. Outra canção de grande sucesso foi “Paz Interior”, com vocals da Negra Li e sample de “Love is all Around” da cantora de R&B Adriana Evans.

Ainda vale destacar a faixa que teve participação do Edi Rock, dos Racionais MC’s e também do Cartel Z/O, em “A Lei”, música com sample de “Homies & Thuggs (Remix)” de Scarface, 2Pac e Master P, tivemos também a junção da zona oeste com a sul e, conexão com a periferia do DF, na faixa “Assim Que Se Fala”, em que Posse Mente Zulu e GOG somaram, e a música “Real Periferia” que também bateu pesado e trouxe sample de “Smile” também de Scarface, 2Pac e Johnny P.

A produção do disco ficou a encargo do Dj Negro Rico e Vander Carneiro, com supervisão do RZO. Helião, em entrevistas, diz não considerar os trabalhos anteriores, pois tinham uma sonoridade diferente do álbum de 1999, o grupo ainda não havia se encontrado. No entanto “Todos São Manos” traz muito desses outros projetos, como a nova roupagem para as faixas “Vem Logo” e “Americanos”.

O RZO é um dos grande do rap nacional e têm um importância impar para a cena, o disco “Todos São Manos” é a materialização desse discurso, pois mostra a grandeza do grupo em temas sociais, políticos e a cerca da cultura hip hop, além de apresentar grandes canções eternizar clássicos na história da música brasileira.

Confira o disco no Spotify:

Confira o disco no YouTube:

Você pode gosta

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações