spot_img
sábado, julho 20, 2024

Últimos Posts

Daniel Shadow celebra jornada em “Agradeço” primeiro single de álbum

Um dos grandes do rap nacional e nome histórico do hip hop carioca, Daniel Shadow olha pro passado como força e motivação para moldar o presente e construir o futuro em seu novo single. “Agradeço” é um boombap clássico, uma das marcas do trabalho do artista, e chega mostrando que todas as alegrias, tristezas, vitórias e desilusões são o que constroem a pessoa que surge na poética dos versos do artista. A faixa funciona como um brinde de agradecimento a todos que botaram fé e uma provocação aos que duvidaram. Ouça nas plataformas de áudio.

‘Agradeço’ fala sobre a gente entender que tudo faz parte para sermos quem somos. Tanto as coisas boas quanto as ruins. É um agradecimento por estar aqui, 20 anos de carreira e ainda com coisas para falar e com fome pra fazer”, conta o artista, que prepara o lançamento de “Cores e Cinzas”, álbum que remete a essa dualidade, para agosto.

Rapper, produtor musical e agitador cultural, Daniel Shadow tem em sua história parte do movimento hip hop carioca dos anos 2000. Iniciou sua carreira em 2007, fundando o Cartel MCs, um grupo que se tornou referência no underground nacional. Em 2010, foi um dos criadores das primeiras rodas de rima do Rio de Janeiro, movimento que se espalhou pelo Brasil e se tornou uma plataforma essencial para o novo rap nacional. 

No mesmo ano, fundou o selo independente Tudubom onde co-produziu e participou das TUDUBOM SESSIONS, série de 4 episódios que juntos ultrapassam 30 milhões de visualizações no YouTube. Além de produzir discos clássicos de De Leve e Filipe Ret.

Com uma discografia rica, o artista tem uma grande característica: o respeito pelas ruas e pela cultura hip hop. Essa busca por conexões entre as pessoas e o real são – inclusive – base para o conceito do novo álbum “Cores e Cinzas”.

O álbum traz em cada faixa um pequeno universo, mas juntas elas falam da coletividade. Da importância de nos entendermos como parte do todo perante a vida. Cada um de nós somos um elo de uma corrente. Se um se romper, a corrente quebra por inteiro”, conta Daniel Shadow.

ÚLTIMOS POSTS

Não Perca