spot_img
domingo, março 3, 2024

Últimos Posts

CriaZ do Bit surge como primeira banda virtual brasileira e lança o EP “Faya Baby”

Na contramão da onda de produções feitas com inteligência artificial, a banda CriaZ do Bit surge trazendo o toque humano ao mundo virtual. Formada pelos personagens Alice, Caramelo e Tilt, o trio conta com nomes como Pablo Bispo e Ruxell, produtores e compositores responsáveis por alguns dos maiores sucessos de Anitta, Gloria Groove, Ludmilla, IZA, Pabllo Vittar e Pedro Sampaio, na criação e produção musical do projeto. Bispo, inclusive, integra a banda como Caramelo, um cão que é MC.

Além dele, a cantora Thamy Mangia dá vida à humana Alice, e Sabrina Azevedo ao robô Tilt. O primeiro lançamento do CriaZ do Bit acontece hoje nas plataformas musicais, misturando pop, trap e funk em “Faya Baby”, EP de duas faixas, além de um videoclipe.

O projeto vai além da música e da animação gráfica: em um primoroso e criativo trabalho de storytelling, as características e histórias do grupo – e de cada personagem – serão apresentadas gradualmente, através dos clipes lançados e das redes sociais. A música urbana do CriaZ do Bit tem letras afiadas que retratam o universo dos personagens.

A líder da banda é Alice, uma jovem de origem humilde apaixonada por música, moda e skate.Em um momento inesperado, ela encontra Caramelo, um cachorro renegado vindo misteriosamente de uma outra dimensão. Juntos, formam uma conexão única e criam, com peças do ferro-velho do avô de Alice, o robô Tilt, que surge como um símbolo de amizade entre os dois seres de mundos diferentes, e é responsável por criar as batidas musicais. 

A faixa-título, “Faya Baby” começa com a voz potente de Alice e tem um refrão contagiante, que vai ficar na cabeça: “Eu to vendendo gasolina pra queimar o pavio | Splish splash, faya baby | Coisa igual nunca viu”. Caramelo traz toda rima pra canção, seguido pelo beat de Tilt, prometendo ser um grande hit de estreia da banda. A segunda canção, “Olho do Furacão” é um synth-pop, que traz uma experimentação envolvente entre os personagens. As músicas virão acompanhadas de um clipe, desenvolvido por uma equipe de modeladores e animadores 3D, feito na plataforma “Unreal Engine”. O vídeo conta a saga do grupo, viajando no universo multidimensional que marca o início dessa nova jornada intergalática.

O CriaZ do Bit foi desenvolvida como um conceito inovador no território nacional, explorando as fronteiras entre cultura e tecnologia e trazendo o que há de mais novo no mundo da música. “Os artistas tiveram total liberdade criativa para explorarem as possibilidades da banda.  Nós temos um time que vive e respira música, super engajado em também pensar e executar fora da caixa. Nossa ideia é ter personagens animados, porém extremamente reais, que trazem o sentimento, carisma e o dom humano”, diz o idealizador do projeto, João Luccas Caracas, do estúdio criativo de bandas e narrativas digitais Drywet. 

O produtor musical e compositor com mais de oito bilhões de plays em suas criações, Pablo Bispo, diz que é um prazer fazer projetos que se identifica e que sabe que a galera vai se identificar, “principalmente os nossos e as nossas: a galera do gueto, do hip hop, da música urbana em si. E sabendo onde pode chegar. É sempre uma alquimia. A gente teve muita liberdade criativa para criar músicas que artistas de carne e osso não cantariam. Então a gente usou esse lúdico do artista ser digital para fazer músicas que saem da caixinha, tanto no sentido de produção, como de letras, de temática, e isso foi muito legal. A gente ficou muito livre para se encontrar em “caixas” que a gente não mexeria quando a gente faz mainstream normalmente, encontrando ideias muito legais assim”.

É uma honra pra nós como artistas da música urbana, ser convidado pelo João Luccas e poder unir as nossas ideias musicais mais malucas, junto a um time com um talento gigante e um propósito inspirador por trás da narrativa de cada um. Trazer um olhar futurista, diverso, disruptivo e tecnológico para cultura urbana, foi o que nos motivou a colaborar na discografia musical que vai ser criada no CriaZ do Bit, trazendo referências do baile funk, do rock, do indie, do trap, e principalmente da energia de quem tem vontade de transformar o mundo com novas misturas”, completa o produtor Ruxell, reconhecido no universo do rap e do funk, que já desenvolveu trabalhos com grandes nomes como Anitta, IZA, Lexa e Rashid, trazendo o match de produção da criação musical com cada personagem.

O EP “Faya Baby” já está disponível nas plataformas. E vale ficar de olho: o próximo lançamento dos CriaZ do Bit chega ainda esse ano.

ÚLTIMOS POSTS

Não Perca