Home Agenda Com Thaíde “no comando”, estrelas do breaking disputam final mundial
Com Thaíde “no comando”, estrelas do breaking disputam final mundial

Com Thaíde “no comando”, estrelas do breaking disputam final mundial

por ZonaSuburbana

Neste sábado (28), a cidade de Salzbug, na Áustria, será palco da final do mais importante campeonato de breaking do mundo, o Red Bull BC One. As maiores estrelas desse estilo (que está cotado para fazer parte de Paris 2024) disputarão o troféu mundial em batalhas que serão transmitidas ao vivo pela Red Bull TV, a partir das 16h (horário de Brasília), pelo link www.redbull.com.br/bcone.

Quem comanda a exibição em português é o rapper Thaíde, um dos ícones do movimento hip-hop no Brasil, com comentários pelo b-boy Endrigo e pela b-girl Miwa. A final mundial do Red Bull BC One vai coroar dois vencedores, um B-Boy e uma B-Girl. Neste ano, oito dos melhores B-Boys e oito das melhores B-Girls do planeta foram convidados para testar habilidades de alto nível em emocionantes batalhas 1×1.

As b-girls são: Madmax (Bélgica), Sina (Áustria), Kastet (Rússia), Sunny (EUA), Jilou (Alemanha), Mess (Rússia), Kami (França) e Ayane (Japão). Os b-boys que disputarão o título são: Killa Koya (Cazaquistão), Lil Zoo (Marrocos), Pac Pac (França), Vero (Coréia do Sul), Philip (EUA), Alkolil (Russia), Kid Karam (Reino Unido) e Shigekix (Japão).

Para vencer seus oponentes, cada dançarino tem que ter movimentos precisos e estar afiado, pontual e ritmicamente afinado com a música.  Conheça os convidados da transmissão em Português Thaíde é um dos pioneiros do breaking no Brasil e há quase 40 anos ajuda a divulgar a cultura hip-hop com suas músicas e apresentando programas como o “Yo! MTV Raps” (MTV), “Manos & Minas” (TV Cultura) e “Metro Black” (Rádio Metropolitana), além de ser um dos fundadores da Back Spin, o grupo mais antigo de breaking do País.

B-Boy Endrigo foi um dos jovens diretamente influenciados por Thaide e ajuda a manter o Brasil no topo do breaking mundial. Parte da Tsunami All-Stars, uma das principais crews do País, ele compete frequentemente em torneios internacionais e há quase duas décadas busca fomentar a educação por meio da dança. Dançarina profissional desde 1999, B-Girl Miwa foi uma das primeiras breakers brasileiras a ganhar reconhecimento no exterior. Campeã das competições “Sudaka 2007” (Chile), “El Rey del Seven 2 Smoke 2009” (Venezuela) e “KB Battle Original Flavor 2013” (Israel), Miwa também levou pra casa o terceiro lugar na “Eurobattle 2008. É diretora do grupo feminino de breaking Bonnitas Crew.

Você pode gosta

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações