Home Rap Nacional Com participação de Tulipa Ruiz, Inquérito celebra e conceitua o RAP no single “Lição de Casa”

Com participação de Tulipa Ruiz, Inquérito celebra e conceitua o RAP no single “Lição de Casa”

por Dj Abraão

É uma chave? Um escudo? Uma espada? Uma lâmpada? Um colete? Uma escada? Uma bússola? Um despertador?

Em sua nova música “Lição de Casa”, o Inquérito mostra que o rap é tudo isso e muito mais, trazendo à tona reflexões bastante pertinentes para o momento do país e da própria cultura hip hop. Produzida por DJ Duh (Groove Arts), a canção conta com participações de Tulipa Ruiz e um afiado time de músicos.

Para montar a letra, Renan Inquérito teve a ideia de reunir em uma só poesia diversas frases suas, ditas em entrevistas ou recitadas em shows e saraus. Todas elas possuem um ponto em comum: por meio de metáforas e exemplos pinçados da história, da cultura negra e do cotidiano periférico, cada verso tenta definir o que é rap e qual é o significado de sua essência.

Renan Inquérito busca na história e na cultura popular inúmeras referências que, para ele, simbolizam o espírito do rap, como nos versos “Marighella, Mandella, Guevara, Dandara, Zumbi/ Foram rap antes do rap existir”. Ativista, o rapper também destaca a importância do trabalho de base na militância social – característica que, ao longo dos últimos anos, tem sido ignorada ou preterida por muitos autoproclamados ‘agentes do hip hop’: “E as tia que leva sopão pros mendigo/ É rap até umas hora, mais que os MC umbigo”, versa.

Também a educação ganha atenção especial do músico em “Lição de Casa”, já que Renan é poeta, professor e pesquisador – atualmente cursa Doutorado, sob co-orientação do renomado sociólogo português Boaventura de Sousa Santos. “Todo professor também é um MC, um ‘mestre de classe’, e é mais exigido do que o MC convencional do rap”, reflete o rapper. “O MC do rap pode passar o mesmo conteúdo todos os dias, afinal sempre fala para públicos diferentes. Já o professor lida com a mesma turma todos os dias e, por isso, não pode repetir o conteúdo nem a performance. Então ele precisa ser um ‘MC’ muito mais cabuloso!”

O videoclipe de “Lição de Casa” reúne cenas de arquivo – captadas por Vras77 e editadas por Diogo Zacarias – das muitas andanças do Inquérito por todo o Brasil e por outros países, como Cuba e Argentina. São imagens de shows, saraus, aulas, encontros literários (incluindo várias edições da Parada Poética, projeto literário itinerante criado por Renan) e diversos outros eventos culturais e educativos. “Meu princípio é fazer, na prática, o que teorizo por meio da música. Então preciso estar nas salas de aula, nos saraus, na rua…”, explica Renan. “Essa multidisciplinariedade é para conseguir chegar onde a música não chega. Tem coisas que não cabem no palco e coisas que não cabem na sala de aula, mas elas se cruzam e se complementam.”

Antes de “Lição de Casa”, neste ano o Inquérito lançou outros dois singles: Artesanato Eletrônico, uma ‘cypher’ em que Renan faz uma brincadeira ao interpretar três rimadores ‘diferentes’ e “33”, em alusão à idade completada pelo rapper no mês de abril. Com quase 20 anos de estrada e cinco álbuns lançados, no momento o Inquérito não planeja um novo disco. “Estamos trabalhando bastante, mas ainda sem planos ou esboço de um novo álbum. Mas, quem sabe, né?”

+em www.facebook.com/inquerito

Você pode gosta

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações