Home Noticias Chuck D chama Donald Trump de estúpido em entrevista

Chuck D chama Donald Trump de estúpido em entrevista

por Gustavo Silva

Chuck D, integrante do clássico grupo de rap Public Enemy, criticou Donald Trump e sua esposa em uma entrevista concedida à CNN, chamando o candidato republicano de “estúpido”, por dizer que o movimento Black Lives Matter, tem em alguns casos instigado os policiais a atirar. Resumindo a matéria, ele só falou o que todo mundo já sabe.

Traduções de algumas partes dele na entrevista:

“Como alguém pode olhar para o Donald Trump e não dizer E-S-T-Ú-P-I-D-O?.”

“Eu sou um músico, então eu posso dizer coisas como ele ser estúpido e essa convenção é estúpida por tê-lo.”

“Quando eles dizem ‘Blue Lives Matter, sim, elas sempre foram importantes. É tipo, cara, sim, é a autoridade, todo mundo importa. Por um bom tempo, pessoas negras aparentemente não faziam diferença.”

“Blue Lives Matter é um movimento que defende a vida dos policiais americanos.”

“A 30 anos atrás o Rev. Jesse Jackson falou sobre a dívida econômica, dívida educacional, dívida em execuções, a dívida no gueto. Elas aumentaram. Temos raiva acumulada nos jovens que cresceram e hoje são adultos nos últimos 30 anos.”

Jesse Jackson é um dos principais nomes do movimento social negro. O rapper e ativista social também falou sobre o discurso que a mulher de Trump plagiou de Michelle Obama:

No hip hop, a pior coisa que se pode fazer é bite (expressão no hip hop que significa morder, copiar) a lírica e rima de alguém, a mulher dele simplesmente bite Michelle – o discurso da primeira dama e eu acho que eles planejaram isto.

Na maioria dos sites onde a notícia foi postada, os comentários são coisas como Rappers chamando outras pessoas de estúpidas, negros acham que vão matar policiais e não vai acontecer nada e negros se vitimizam. Estamos acostumados com esses tipos de comentário em vídeos contra Bolsonaro aqui no Brasil, e não só assim que a estupidez se assemelha, abram os olhos e vejam quem tá por quem aqui no nosso país, o hip hop é pela revolução, não pelo retrocesso.

Veja o trecho que a emissora liberou da entrevista:

Você pode gosta

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações