Home Agenda Casa Natura Musical é palco do projeto internacional COLORS, com apresentações de Emicida, Ana Olic, MC Dricka e mais artistas
Casa Natura Musical é palco do projeto internacional COLORS, com apresentações de Emicida, Ana Olic, MC Dricka e mais artistas

Casa Natura Musical é palco do projeto internacional COLORS, com apresentações de Emicida, Ana Olic, MC Dricka e mais artistas

por ZonaSuburbana

Retomando a agenda presencial a partir de fevereiro de 2022 com shows programados – entre eles Elza Soares e Renegado, Vanessa da Mata, Letrux, Johnny Hooker e Rico Dalasam – a Casa Natura Musical também reforça sua presença na cena ao ser palco para gravações  da edição brasileira da COLORS, uma plataforma internacional de música conhecida por apresentar ao público, por meio de seu canal no Youtube, apresentações de artistas de todo o mundo sob uma estética minimalista, privilegiando o talento dos músicos e amenizando distrações.
 
As gravações na Casa Natura Musical já disponíveis no canal são de Ana OlicMC Dricka e Emicida. A Let’s Gig foi responsável pela produção artística e executiva do projeto. Já a produção técnica ficou por conta da Flow Creative Core – startup de experiências e conteúdos com foco em música, inovação e cultura, responsável por projetos consagrados como Latin Grammy, Tiny Desk e Sofar Sounds, entre outros.
 
Com um time técnico montado exclusivamente para a produção brasileira do COLORS, a Flow contou com direção técnica de Dilson Laguna Jr. e Juliana Laguna, sócios da startup, o diretor de fotografia Kadu Borges, a videomaker Aline Juliet, o engenheiro de áudio Sidinei Souza, os assistentes de aúdios Andre Ramos e Luan Casado e produção executiva de Gabriel Ramos e Olívia Bastos.
 
A ação faz parte dos diversos esforços realizados pela Casa Natura Musical ao longo dos dois últimos anos para consolidar sua relevância cultural também nas mídias digitais e na parceria com marcas e eventos. Alguns dos exemplos para além do apoio ao Colors são a recepção da Feira Preta, do WME Conference e das duas primeiras temporadas do projeto Seguindo a Canção, parceria do equipamento cultural com a Faculdade Descomplica que recebeu bate-papos musicais entre Black Alien e Tati Quebra Barraco; Mahmundi e Rincon Sapiência; Rico Dalasam e Dodô do Pixote; Josyara e Preta Gil; e Margareth Menezes com Linn da Quebrada, conquistando o Selo Municipal de Direitos Humanos e Diversidade da Prefeitura de São Paulo na categoria igualdade racial.
 
A Casa também assinou a curadoria e foi o palco da gravação da quarta temporada da série audiovisual MINIDocs, que teve participação de Tim Bernardes, Doralyce, Bia Ferreira, Luê, Pedro Viáfora, Alice Caymmi, Nicolas Krassik, Marcia Castro, Rico Dalasam, Jadsa e Maria Beraldo.

Você pode gosta

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações