Home Editorial As músicas de N.W.A., Kendrick Lamar, Childish Gambino e Killer Mike disparam após a morte de George Floyd
As músicas de N.W.A., Kendrick Lamar, Childish Gambino e Killer Mike disparam após a morte de George Floyd

As músicas de N.W.A., Kendrick Lamar, Childish Gambino e Killer Mike disparam após a morte de George Floyd

por Joyce Melo

Como parte de seu relatório semestral de 2020, a Nielsen SoundScan / MRC Data apresentou informações sobre a mudança nos números de streaming de certas músicas após o assassinato de George Floyd. Os ouvintes gravitaram em vários atos de Hip Hop após o incidente de 25 de maio que deixou Floyd, que estava desarmado, morto nas mãos de um policial de Minneapolis.

A média diária de transmissões da música “This Is America” de Childish Gambino aumentou 268,5% de 28 de maio a 6 de junho, em comparação com os números de 22 a 27 de maio. O hino “Alright” de Kendrick Lamar, nos protestos #BlackLivesMatter, teve um aumento de 237,5% durante esse período.

O clássico “F * ck tha Police” do N.W.A., gravado em 1988, teve um crescimento de 302,7% nas transmissões. O “Keep Ya Head Up” do 2Pac subiu 90,2% em 10 dias.

Killer Mike fez notícias por causa do discurso emocionante que fez em 29 de maio em um dos protestos em Atlanta. Os fluxos de transmissões em “Don’t Die” dispararam 7.616%.

Middle Child” de J. Cole (+ 8,9%), “A Lot”, de 21 Savage ft J. Cole (+ 10,4%), “Grinding All My Life” de Nipsey Hussle (+ 22,2%), “S.O.T.L. (Silence of the Lambs)” de Ludacris (+ 100%), John Legend & The RootsHang On in There” (6,217,5%) e Rage Against The MachineKilling in the Name” (+ 49%) também tiveram aumentos substanciais.

A Change Is Gonna Come”, da lenda do Soul e R&B Sam Cooke, tornou-se um dos hinos não oficiais do Movimento dos Direitos Civis da década de 1960. Parece que a música clássica também ressoou entre os apoiadores do #BlackLivesMatter. A música de Cooke registrou uma alta de 112,7% nos dias após o policial Derek Chauvin matar George Floyd.

Fonte: All HipHop

Você pode gosta

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações