Home Editorial 5 discos que vão na contramão, pois o rap é muito mais que seguir a última tendência

5 discos que vão na contramão, pois o rap é muito mais que seguir a última tendência

por Dj Cortecertu

Novos representantes do boom bap, jazz rap, hardcore e outros gêneros que passam longe do rap sintético que bombardeia as redes sociais, players e listas dos mais vendidos, continuam fazendo seus sons sem seguir a ordem do game mainstream. Isso não quer dizer que estes artistas rejeitam a grana do jogo do rap ou que fazem letras acima de qualquer suspeita, a questão aqui é outra: a sonoridade. Bem-vindo ao eterno retorno ao clima dos 90.

1. Unreleased Demons, EP da dupla holandesa Mr. Morbid & Melph, representa o rap hardcore atual.

2. Too Visible To See, disco colaborativo do beatmaker Sultan Mir e do MC Recognize Ali. O trampo representa a Flórida (EUA).

3. Nero Dangelo, jovem rapper de Indiana (EUA), acaba de lançar o EP The Addiction. Com beats próprios, Nero trafega entre o jazzy e o instrumental eletrônico.

4. Dimensions on a Paper, disco do Epidemic, é um abrigo pra quem curte jazz rap. Os caras são da Flórida.

5. DSOTM – The Echo Chamber, disco sujão do Dark Side Of The Moon, grupo do Reino Unido, é puro peso!

Você pode gosta

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações