Home Entrevistas “Tirando ele da presidência a gente volta a ser República”, diz Sérgio Vaz no #Provoca Em Casa

“Tirando ele da presidência a gente volta a ser República”, diz Sérgio Vaz no #Provoca Em Casa

por ZonaSuburbana

O escritor Sérgio Vaz, convidado do#Provoca da última terça-feira (19/5), fez duras críticas a Jair Bolsonaro e aos apoiadores do presidente no programa.

Questionado por Marcelo Tas sobre um poema em que Vaz se refere a um “messias”, o poeta dispara: “É tão difícil falar dessa pessoa que eu tenho até medo de falar e meus dentes caírem, porque é tão demoníaco… um genocida, racista, homofóbico, misógino, não gosta de índio, não gosta de pobre”.

Tirando ele da presidência a gente volta a ser República. Se vai ser direita, vai ser esquerda, vai ser centro… mas acho que o mais importante é tirar alguém que não representa nada”, opinou.

Sobre os apoiadores do presidente, que de acordo com pesquisas recentes compõem aproximadamente 30% da população, Sérgio avalia: “Ele não está só. Ele é um líder que as pessoas queriam ouvir aquilo que ele diz. […] Essas pessoas precisam ser combatidas também, através da lei, através da informação. É preciso barrar o que está acontecendo, as pessoas serão linchadas em praça pública se continuar nesse ritmo. As pessoas não respeitam a Constituição, não respeitam as leis, não respeitam o Judiciário, não respeitam o Supremo. Não respeitam nada, nada importa. É um povo que vai pra rua pedir a volta da ditadura.”

Sérgio Vaz é considerado o poeta da periferia. Criador da Cooperifa (Cooperativa Cultural da Periferia), Sérgio também é um dos idealizadores do Sarau da Cooperifa, projeto que resultou na publicação independente de mais de 100 livros, e estabeleceu centros de cultura em locais periféricos de São Paulo.

Nesta primeira edição dupla do #Provoca, Sérgio Vaz dividiu o programa com a também escritora Patrícia Melo. Os convidados falaram sobre suas obras em diferentes contextos diante da pandemia: da violência contra a mulher que se agrava em tempos de isolamento à vida e a arte nas periferias.

Você pode gosta

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações