Home Editorial Sons da resistência: Projeto Preto, Ran Reed e G-Camp levantam suas bandeiras

Sons da resistência: Projeto Preto, Ran Reed e G-Camp levantam suas bandeiras

por Dj Cortecertu

Resistir, não seguir a ordem vigente, estas são ações que caracterizam o rap desde a sua origem. Mudanças vem, mudanças vão e a necessidade de falar sobre as desigualdades que nos cercam continua.

Não importa se o que rola nas FMs, nos sites, blogs e plataformas de streaming representa apenas parte do que é feito no cenário, quem procura o contraditório, busca outros timbres e outros assuntos sempre encontra algo satisfatório.  Abaixo, alguns lançamentos que chamaram a nossa atenção.

OS MANOS DAQUI
O grupo Projeto Preto quebra tudo com um rap político e totalmente agressivo para combater o racismo em “Jogo de Negro”, single que tem o beat perfeito de DN Neew. Em tempos de discussão sobre o branqueamento dos temas do rap, Projeto Preto manda a ideia certa.

O SINGLE

OS MANOS DE LÁ
Outro exemplo de de resistência é o rapper Ran Reed, dos EUA. O artista acaba de lançar o segundo clipe do álbum “Still Commanding Respect” (O respeito ainda comanda), trabalho que tem participações de Kool G Rap, M.O.P. Bumpy Knuckles, Sadat X e U.G.

Em “Torture Soul”, Ran Reed fala das escolhas que os adolescentes precisam fazer em meio ao bombardeio de informações, tretas, anseios e preconceitos. O beat foi produzido pelo rapper, o clipe foi dirigido por Last American B-Boy.

O CLIPE

O DISCO

Já o grupo G-Camp apresenta um rap tradicional, na linha golden era. Segundo os MCs do grupo, o clipe da música “Recognize” traz de volta o real hip hop numa era lotada de estrelas do trap e mensagens diluídas.

O CLIPE

Você pode gosta

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações