Home Noticias Rapper Lady Laay é destaque no jornal Diário de Pernambuco

Rapper Lady Laay é destaque no jornal Diário de Pernambuco

por Dj Cortecertu

Enquanto prepara o CD “Audaciosa”, Lady Laay continua difundindo o rap e o hip hop nas ruas do nordeste, desta vez, a jovem de 23 anos troucou ideia com Larissa Lins, jornalista do Diario de Pernambuco.

Rapper, grafiteira e b.girl, Laay falou sobre desigualdade social, microcefalia, racismo, e luta feminina. “A mulher está no centro de todas as letras. Elas são baseadas na minha vivência, em relatos de companheiras minhas. Nos lembram como a mulher está sempre em desvantagem, como precisamos ser três vezes melhores que os nossos colegas para ter o mesmo espaço que eles, e como não podemos nos conformar com isso. Precisamos reagir”, afirma a a artista.

As minas do rap brasileiro continuam mostrando suas preocupações com questões que vão além do rap game, fenômeno celebrado por grande parte do mundo masculino do hip hop. “Estou compondo também sobre a proposta de congelamento de gastos com saúde e educação públicas. A música não culpa ninguém, mas apresenta o ponto de vista de uma mulher como centro do sistema, os impactos disso na vida das mulheres da periferia”, revelou a artista ao Diário de Pernambuco. A entrevista foi publicada no dia 23 de novembro, antes da aprovação da chamada PEC do teto de gasto público, a PEC 55, em primeiro turno no Senado.

A artista já teve seu trabalho retratado no site baiano Oganpazan. Recentemente, Lady Lay lançou a música “Epidemias do Holocausto Social”, junto com a Poder Feminino Crew.

Leia a reprotagem sobre a artista no Diario de Pernambuco.

Você pode gosta

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações