Home Editorial MC Sampa The Great traz autoconhecimento e espiritualidade para o universo do rap alternativo

MC Sampa The Great traz autoconhecimento e espiritualidade para o universo do rap alternativo

por ZonaSuburbana

Cantora africana apresenta sua nova mixtape em parceria com time de produtores;

POR CCCA – CENTRAL DE CRIAÇÃO DE CONTEÚDO ALTERNATIVO

Unindo neo-soul e hip hop, a poeta, MC e compositora, Sampa Tembo, mais conhecida como Sampa The Great, descreve momentos de espiritualidade e autoconheimento na mixtape “Birds And The BEE9”, trampo lançado recentemente com Kwes Darko, Sensible J e Alejandro ‘JJ’ Abapo na produção. Sampa The Great nasceu em Zambia, cresceu em Botswana e está vivendo em Sidney, na Austrália, onde fez graduação em engenharia de áudio. Em 2015, a MC lançou “The Great Mixtape”, trabalho produzido por Godriguez.

“A música está em mim. Desde que eu tinha 10 ou 11 anos de idade, eu sempre gostei do som da música africana, que tem um monte de sons e ritmos”, afirma Sampa The Great, artista que conheceu o rap aos 8 anos, quando seu primo visitou sua família em Botswana e apresentou a música “Changes”, de Tupac Shakur. “Era tão bonita, honesta e pura”, relembra a poeta.

Desde a adolescência, Sampa precisou enfrentar o preconceito para entrar no rap. “No ensino médio, um grupo de meninos estavam rimando e eu disse: ‘Uau, isso é incrível. Eu posso participar do seu grupo?’ E eles disseram: ‘Não, você é uma menina, você não pode rimar! ’E eu disse:‘O quê !?’ As meninas podem fazer rap! E então eu pensei: ‘Não, eu vou fazer isso, eu vou cantar rap porque as meninas podem fazer isso, Tupac é bom e ele falou comigo em sua canção, e isso significa que eu posso estar no rap também.’ Eu acho que isso virou uma vingança pessoal, eu poderia rimar, o rap não era apenas para os garotos. Aí eu acabei ouvindo Lauryn Hill. Ah! Meninas no rap!”

A cantora afirma que arte e política estão juntas. “Você nunca vai dizer: ‘Eu vou ser política’, a política sempre esteve em mim e não só quando estou no rap ou cantando e escrevendo – esteve sempre comigo porque eu estava cercado por ela. É mais uma coisa natural para mim, no ambiente onde eu cresci…e onde ainda estou crescendo”, diz Sampa em entrevista ao site Ripe.

MIXTAPES

“Birds And The BEE9”

“The Great Mixtape”

VÍDEOS

Sampa the Great, “Everybody’s Hero”

Sampa The Great, “Jamal” – Soul Food Sessions

Sampa The Great ao vivo no Golden Plains 2016

Você pode gosta

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações