Home Editorial Filmes para entender melhor o Hip Hop

Filmes para entender melhor o Hip Hop

por Dj Abraão

Vlog do Flow com alguns filmes que irão te ajudar a entender melhor a história do Hip Hop.

-Breat Control: Em 2002 o beatboxer Joey Garfield, lançou o documentário Breath Control sobre o beat boxing. O filme conta com depoimento dos mais famosos beatboxers do mundo e também de alguns rapppers.

-Aqui Favela: O Rap Representa uma dupla formada por uma antropóloga e um jornalista , saem pelas cidades de São Paulo e Belo Horizonte em busca de entender o Hip-Hop através de relatos de jovens desconhecidos e famosas figuras do rap nacional.

-Freestyle: – A Arte da Rima O documentário Freestyle , A Arte da Rima procura entender a arte do freestyle. O filme demorou dez anos para ser finalizado, mas valeu a pena, ele levou o prêmio de melhor documentário em vários festivais dos Estados Unidos.

-The Freshest Kids: No final dos anos 70 no Bronx nascia mais um dos elementos que compõe o Hip-Hop, o Break. E em 2001 foi lançado o primeiro documentário sobre a origem dele ,o Freshest Kids.

-Backstage: O documentário Backstage apresenta a vida dos rappers ora dos palcos. É possível ver os mais famosos rappers em diversas situações comuns ao nosso dia a dia.

-Scratch: Scratch é o documentários mais aclamado e premiado sobre os dj’s do Hip-Hop. O filme faz uma comparação da importância do dj desde os anos 70 até hoje.

-Wave twisters: O Wave Twisters foi lançado em 2001 e é a única animação feita totalmente sobre o hip-hop. A animação é sobre um, exército disfarçado que luta contra a extinção dos 4 elementos do Hip-Hop.

-Wild Style: O Wild Style é considerado o primeiro registro do Hip-Hop a ser lançado. Ele foi rodado no Bronx em 1982 com ajuda com Fab 5 Freddy. O filme mostra o início do graffiti e do rap
em Nova Iorque.

Todos os filmes estão disponíveis completos no youtube, e alguns até com legenda!

Por: Natasha Prado (Programa Flow)
Siga: www.facebook.com/flowrj

Você pode gosta

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações