Home Entrevistas Entrevistamos a equipe do site Rainhas Do Rap

Entrevistamos a equipe do site Rainhas Do Rap

por ZonaSuburbana

Com mais de dois anos de existência, o site Rainhas do Rap divulga o rap feito por mulheres. O ZonaSuburbana fez uma entrevista rápida com Luiz F. Gentil, um dos responsáveis pela página. Gentil entrou em contato com a equipe do Rainhas do Rap, seus companheiros de site combinaram as ideias e mandaram as respostas via messenger. Confira abaixo.

ZS: Fale um pouco sobre a equipe do Rainhas do Rap.
Rainhas do Rap: Por incrível que pareça, nós não temos mulheres na equipe. Criamos a página no dia 09 de Fevereiro de 2014, e somos fascinados por como a mulher evoluiu no rap. Desde Roxanne Shanté, em 1985, até os dias de hoje, com Dreezy e Dej Loaf, elas cresceram e amadureceram juntamente com o rap masculino, mas de uma forma diferente. As female rappers tiveram nos anos 90 uma mistura de R&B e Jazz, e como nós sempre gostamos desses estilos musicais, nos interessamos cada vez mais por elas.

ZS: Quais os motivos para dedicar um site para retratar o universo do hip hop feminino?
Rainhas do Rap: Porque amamos o poder feminino, e amamos a música que elas fazem. Nós vemos uma grande diferença entre o rap masculino e o feminino, da voz até o estilo.

ZS: Qual é a rotina de trabalho dos integrantes o site?
Rainhas do Rap: Em relação ao site, é muito puxada. A cada dia temos que nos preocupar com o conteúdo que passamos para o nosso público. Ás vezes nem postamos por falta de conteúdo. Por conta disso, temos também fazemos colunas, tirinhas, trabalhos que não mostrem falta de profissionalismo.

ZS: O trabalho das mulheres no rap está sendo mais respeitado?
Rainhas do Rap: Aos poucos. Como os fãs de rap são 80% homens, os mesmos não dão valor à mulher no rap. Muitos só pensam “em como ela é gostosa” e coisas do tipo. É triste ver como muitos se interessam mais por beleza do que talento.

ZS: Acha que as mulheres estão impondo seu ponto de vista e suas vivências num estilo majoritariamente masculino?
Rainhas do Rap: Não. Grande parte das rappers femininas esbanjam sensualidade e corpo, ao menos a partir de 1996. Antes disso, as mulheres só eram respeitadas se usassem uma roupa semelhante à de um caminhoneiro, com uma grande jaqueta para cobrir seus seios. Um exemplo disso são Yo-Yo, Lady Of Rage, MC Lyte, Queen Latifah, Da Brat ou até mesmo Missy Elliott, antes de surgir no rap.

ZS: O futuro do rap e da música pop pode ser mais inclusivo se depender da forma como as minas estão trabalhando?
Rainhas do Rap: Da cultura Pop nós não sabemos, mas do rap pode sim.

Acesse o site e fique por dentro das novidades do universo das Rainhas Do Rap.

You may also like

Leave a Comment

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações