Home Rap Nacional Em homenagem ao Dia da Consciência Negra, Edi Rock e MC Pedrinho lançam “De Onde Eu Venho”

Em homenagem ao Dia da Consciência Negra, Edi Rock e MC Pedrinho lançam “De Onde Eu Venho”

por Dj Abraão

A origem do povo negro é o tema da nova música de Edi Rock em parceria com MC Pedrinho. Intitulada “De Onde Eu Venho”, a faixa sai pela Som Livre nesta terça-feira (20), dia em que é celebrado o Dia da Consciência Negra, e já está disponível nas plataformas digitais. A música, que mistura rap e funk, é do próprio Pedrinho e tem produção de DJ Kalfani, filho do KL Jay, e DJ Cuca. O clipe, que pode ser assistido no canal de Edi no YouTube – foi gravado em Salvador (BA), em pontos significativos da cidade para a história afrodescendente, e também na Vila Maria, em São Paulo, onde MC Pedrinho nasceu.

A mensagem que a música passa não é novidade, mas deve ser sempre relembrada, segundo Edi: “As minhas expectativas são as melhores com essa parceria, por ser uma música atual e contemporânea. A minha intenção é fazer com que a nova geração ouça o que eu tenho para falar, pois a mensagem não pode parar, nem pode deixar de ser dita. Você só sabe aonde você vai, quando sabe de onde você veio. E acho que não tem ocasião melhor do que o mês e dia da consciência negra para iniciar, novamente, essa reflexão”.

De geração a geração necessitamos falar as mesmas coisas, como se fosse uma escola com a mesma aula e a mesma matéria. A matéria em questão seria sobre raízes, de quem somos e que não podemos esquecer de onde viemos. Foram esses questionamentos que eu fiz quando escutei a música pela primeira vez. A faixa me conquistou pela base, que é atual, e pelo refrão. E eu me fiz essa pergunta: ‘de onde você veio, Edi Rock?’. E fui em busca da minha resposta”, reflete o rapper. “Não, eu não venho da quebrada, eu sou além disso. Eu venho dos meus pais e meus pais são do Nordeste. Eu fui ao Nordeste para procurar minhas origens e, não, não é apenas o Nordeste. De onde vieram os meus ancestrais? Eles vieram da África e, na verdade, todos nós viemos de lá de alguma forma. Foi aí que eu percebi que isso precisa ser repensado: as nossas raízes, ideológicas, de protesto, de superação, de motivação. Principalmente, no momento que estamos atravessando no país”, completa

O lançamento vem acompanhado de um hotsite, criado em parceria com o escritor Ale Santos, que ficou conhecido por construir narrativas sobre o povo negro no Twitter (@SavageFiction). Considerado um novo embaixador da causa, Ale vai trazer para cada estrofe da letra da música um fato histórico, fazendo uma relação ainda mais estreita entre a música e o temática da origem negra. O conteúdo também vai estar disponível em formato canvas no Facebook.

Você pode gosta

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações