Home Editorial Caio Nunez inspira-se no funk carioca em “Madureira à Bagdá”

Caio Nunez inspira-se no funk carioca em “Madureira à Bagdá”

por Dj Abraão

Caio Nunez apresenta clipe para a faixa autoral “Madureira à Bagdá”. Produzido pelo próprio cantor, em parceria com Thiago Deodato, single inspira-se no funk carioca para desenhar a realidade de inúmeros casais apaixonados que, morando em bairros diferentes da periferia do Rio de Janeiro, passam, sempre que querem ficar um tempo juntos, por cenários de violência e desigualdade. “Essa canção é sobre o cara dizer que, mesmo com um dia a dia tão agressivo e cercado de caos, ele faz o que for para estar perto de quem ele ama. Isso dá sentido pra vida das pessoas. Movimenta sonhos. Inclusive, aconteceu comigo e me aproximou da arte”, explica.

Gravado no alto do Pereirão, em um projeto chamado “Morrinho”, o videoclipe evidencia imagens de jovens completamente plenos de suas alegrias, dançando e sorrindo. “A gente quis mostrar que, apesar desse ambiente hostil, os pretos da periferia são, sim, reis e rainhas”, ressalta o artista.

Entre um passinho e outro, ganha destaque uma maquete reproduzindo a comunidade. Feita de tijolos e materiais recicláveis pintados à mão, incluindo carrinhos, bonecos de lego e outros objetos que detalham as ruas, trabalho mostra que, no final das contas, a favela é também um espaço de grande riqueza cultural e social.

Você pode gosta

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações