Home DiscosAlbum Baco Exu do Blues exercita a liberdade musical em disco, “Bluesman”

Baco Exu do Blues exercita a liberdade musical em disco, “Bluesman”

por Dj Abraão

O rapper baiano Baco Exu do Blues, lança seu segundo álbum de estúdio, “Bluesman (estilizada como BLVESMAN). Produzido pelo próprio Baco, o álbum alinha nove músicas no repertório autoral. O disco foi formatado com beats de Portugal, DKVPZ e JLZ.

Bluesman” tem participações de Tim Bernardes, da cantora 1lum4 (Ilume) e do Tuyo, trio curitibano de afrofolk.

Baco surpreendeu o universo do hip hop nacional com seu primeiro álbum solo, “Esú”, se impondo como uma das grandes revelações da música brasileira no ano passado.

Sobre a capa, Baco diz: “Essa foto é uma das imagens mais libertadoras que eu já vi. O ser BLUESMAN é não ser o que os outros esperam, é nao se enquadrar em rótulos ou estereótipos, e essa foto do João Wainer de um negro dentro do Carandiru, um dos maiores presídios que o Brasil já teve, representa isso! Com todo esse peso, a foto só exala arte e isso é BLUESMAN PRA C******!!!”.

Sobre as faixas Baco relatou nas redes sociais:

01. BLUESMAN

Eu sou o primeiro ritmo a formar pretos ricos
O primeiro ritmo que tornou pretos livres
Anel no dedo em cada um dos cinco
Vento na minha cara eu me sinto vivo
A partir de agora considero tudo Blues
O samba é Blues, o rock é Blues, o jazz é Blues
O funk é Blues, o soul é Blues
Eu sou Exu do Blues
Tudo que quando era preto era do demônio
E depois virou branco e foi aceito eu vou chamar de Blues
Jesus é Blues.

02. Queima Minha Pele

Essa música tem a participação do Tim Bernardes e foi feita de forma muito doida eu tinha um refrão na cabeça mostrei pra ele na mesma hora em ele fez o piano e botou a dor necessária pra o refrão com sua voz admiro muito esse cara e foi uma honra trabalhar com ele! Depois da melodia e do refrão pronto eu ainda não conseguia escrever os versos eu acabei escrevendo o verso enquanto os meninos do @dkvpz019 finalizam o beat dentro do estúdio. Ela foi feita com urgência ela precisava ser feita e foi concluída nos 45 do segundo tempo quando escuto essa música sinto a dor do blues sem necessariamente estar ouvindo blues.

03. Me Desculpa Jay-Z

Essa música tem a participação da 1lum3 começou com um refrão que eu fiz pensando em mim e a letra acabou indo pra outros lados. Nela eu me entrego a bipolaridade e as inseguranças da minha vida é uma entrega muito pessoal mas ao mesmo tempo algo que eu acho que dialoga com todos assumir suas fraquezas e algo fundamental para supera-las e alcançar seus sonhos o primeiro nome dessa música era Blues da Bipolaridade mas acabou virando me desculpa Jay-Z te amo Beyonce.

04. Minotauro de Borges

Essa música é sobre a lógica da monstruosidade em um jogo de velar e revelar o monstro; o desaparecimento do Minotauro como sintoma de uma sociedade que experimenta a contração da monstruosidade e da anomalia: o monstro imaginário criado de forma precipitada por você mesmo. Quais os fatos que te levam a acreditar na maldade do próximo? O que te dá a certeza do medo? Você não sabe a história por traz dos violões que sua mente cria.

05. Kanye West da Bahia

Considerado um dos maiores gênios da produção e criação e rodeado de polemicas em sua volta o Kanye é uma pessoa que não se rotula a nada e isso em sua essência é ser bluesman o fato de ser da Bahia além de tá conectado ao fato da minha origem faz alusão também ao fato que na minha terra extrema direita não se cria o que é contrário à posição política antiga do Kanye mesmo ele já tendo se arrependido.

06. Flamingos

Participação dos meus queridos da @oituyo pra mim é a mistura de tudo de exalta samba com uma valsa em paris essa música é com certeza pra todos define muito bem o termo Vileiro Lover do @santinbatida é pra chorar e sentir apenas meu primeiro pagode em um disco de blues.

07. Girassóis de Van Gogh

Essa música é sobre a pintura de Van Gogh 12 girassóis em uma jarra e o que ela me transmitiu. A procura pela cor perfeita a obsessão de ter que retratar de forma rápida algo que pode “murchar” a qualquer momento me trouxe um sentimento de não estar sozinho. Eu imagino que cada girassol estava apontado pra ele enquanto ele pintava e o fato de na tela eles estarem em posições diferentes faz um mapa dos ângulos que foram pintados gosto de acreditar que o pintor se viu como o sol em cada traço da tela e sua obra o perseguiu assim como as flores fazem.

08. Preto e Prata

Entre muitas teorias e loucuras acho que chegamos no lugar perfeito, você também faz parte dessa faixa!! Ela é sobre um movimento paralelo dentro do movimento Bluesman não quero explicar muito ainda vocês tão tão bonitinhos entretidos pensando e criando as próprias teorias. Mas posso dizer que não entendo a sua procura pelo ouro.

09. B.B King

Uso o nome do rei do blues como título da faixa por ser uma faixa sobre autovalor sobre se achar foda. Ser bom a ponto do difícil parecer fácil como ele faz ao tocar a guitarra. Essa música explica muito bem o que é ser um Bluesman e deixa claro que não vamos nos enquadrar ou se limitar ao que os outros querem.

Você pode gosta

1 comentário

Clipe “Bluesman”, de Baco Exu do Blues leva prêmio em Cannes – beatmidia 09/01/2020 - 14:49

[…] que foi lançado, em novembro de 2018, o vídeo de “Bluesman”, que percorre pela trilha de três músicas do disco do rapper Baco Exu do Blues, chamou a […]

Reply

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações