Home Editorial 1988: Beats, rimas, disputas e diversidade

1988: Beats, rimas, disputas e diversidade

por ZonaSuburbana

É impossível mostrar a totalidade das manifestações culturais de uma época, mas DJs, colecionadores e produtores podem nos ajudar a entender a cena hip hop no final dos anos 1980 com suas mixtapes e compilações.

No canal de Jimmy Eden Moon, encontramos esta sequência que retrata parte do que foi feito no rap em 1988. Aperte o play e boa audição.

Também relembramos as duas coletâneas de rap lançadas no Brasil no final da década de 80. Confira a quarta parte da série que a Coluna Robotofavil elaborou.

Hip Hop 1988 I

Hip Hop 1988 II

Hip Hop 1988 III

EM PORTUGUÊS


No Brasil, duas importantes coletâneas de rap foram lançadas em 1988: “Hip Hop Cultura de Rua” e “O Som das Ruas”. No ano anterior, a equipe de baile Kaskatas lançou “A Ousadia do Rap”, compilação que tem o premiado DJ Cuca na produção.

Hip Hop Cultura de Rua”, lançada selo Eldorado, tinha como destaque a dupla Thaide & DJ Hum, Código 13, MC Jack e grupo O Credo.

O Som das Ruas”, coletânea produzida pela Chic Show, uma das maiores equipes de baile do Brasil, trazia Ndee Rap (Naldinho), Dee Mau, Sampa Crew, Mister, Os Metralhas, De Repent, Catito e DJ Cuca.

Reportagem da Folha de dezembro de 1988, registrou a discussão entre integrantes das duas coletâneas. Todos queriam para si a legitimidade do conceito “rua”, algo inestimável no hip hop.

Para os rappers do selo Eldorado, o nome da coletânea “O Som das Ruas” estava equivocado. “Nós é que somos das ruas”, afirmaram.

Não há nada em comum entre o nosso disco e o Cultura de Rua. Ele foi produzido por pessoas que lidam com música genuinamente black”, afirmou Dom Billy, vocalista do De Repent, do disco “O Som das Ruas”.

“Hip Hop Cultura de Rua”
“O Som das Ruas”

Você pode gosta

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se assim desejar. Continuar Mais informações